Eu não vou dar tudo

Pensando na quarentena que poderia ter vivido

2020.11.25 05:35 akiravitoria Pensando na quarentena que poderia ter vivido

No começo da quarentena eu era bonita, saudável, extremamente gata e até que feliz. Tava ostentando um celular novo FODA que eu tinha ganhado e tava amando, tava em casa tocando altas músicas no violão e fazendo uns negócio foda, ouvindo e conhecendo um monte de música irada e tinha meu amigo na palma da minha mão ali pra gente ligar um pro outro qualquer hora que a gente quisesse pra se divertir papeando ou jogando alguma coisa, essa quarentena podia ter sido massa, mas sabe pra mim qual foi a resposta pro início de uma pandemia mundial no meu país onde eu ficaria confinada em casa? "Nossa, e se ao invés d'eu fazer essas coisas todas eu começasse a usar o Twitter umas oito horas por dia?", obviamente eu não comecei assim né, eu comecei a usar tipo mais pra fazer coisa engraçadinha e legal e uau nossa que divertido pra caralho, mas aí eu descobri que NOSSA DA PRA SE RELACIONAR E FAZER AMIZADES NO TWITTER QUE FODA NOSSA e então daí foi só ladeira abaixo. Sinceramente eu tenho quase um ano inteiro de história pra contar e não tô nem um pouco afim mas indo direto ao ponto, por causa dessa minha decisão incrível de ao invés de me dedicar a coisas foda mesmo que iam me fazer bem e ter me dedicado a uma rede social mórbida igual aquela eu tô: feia, gorda, doente, com uma relação familiar péssima, com aquele celular foda quebrado e tendo que usar um ruim pra caralho (sim o Twitter teve TOTAL influência nesse ocorrido e não, eu não quero explicar como), e com depressão profunda e agora tendo que OBRIGATORIAMENTE sair do twitter de um jeito muito trágico, triste, amargo e brutal, pois me envolvi em um monte de briga, um monte de coisa terrível e eu não devo mais ficar lá de forma alguma, tanto pelo meu bem, quanto pelo fato de terem pessoas que me odeiam tanto que o simples fato d'eu frequentar o mesmo site que elas já as perturba e por tabela perturba um grupo tangente de pessoas, esse site injeta veneno em mim toda vez que eu entro nele, e não me cabe ficar mais lá de forma alguma, lá durante quase um ano foi minha segunda vida mas CHEGA NÉ PESSOAL? Talvez por um mês e meio tenha sido bem divertido, mas agora não é nada mais além de algo que me causa uma tristeza profunda e que me marcou uma cicatriz que vai ficar aqui comigo até meu último suspiro, e o pior, é que pra aqueles que me conheceram ou eu vou simplesmente ser esquecida pra todo sempre ou vou deixar um legado de dor e miséria onde pra tais pessoas vai ser simplesmente impossível ter qualquer lembrança positiva sobre mim. Essa minha saída do twitter tá sendo igual aqueles finais de filme onde os protagonistas conseguem alcançar seus objetivos e na teoria deu tudo certo, mas o jeito como as coisas deram certo foram tão terríveis e trágicas que apesar de tudo ter acabado "bem", tu termina o filme com um gosto amargo na boca, se sentindo devastado e pensando que realmente eles conseguiram, mas valeu a pena? O que mais me incomoda é isso de como eu vou ser lembrada pelas pessoas que me conheceram lá, e olha não quero dar muito detalhe mas NÃO É BOA, tipo NEM UM POUCO, e essa é a marca que eu deixei na Internet, é por essas coisas terríveis que não representam nem 20% de quem eu sou que vão me lembrar, nem só por coisas que eu fiz e que tão diretamente ligadas à mim mas coisas relacionadas, tipo o dia que eu fui vítima de um pedófilo lá, muita gente vai lembrar disso. Eu tive uma chance, uma única chance de marcar a vida de pessoas que moram do outro lado do país com esse poder ilimitado de comunicação que a Internet me dá, tinha a faca e o queijo na mão, eu poderia ter deixado uma boa marca na vida das pessoas, e definitivamente deixei o completo oposto. O que me alegra e me conforta é que eu sou bem jovem ainda, tenho a vida inteira pela frente e acho que em tipo 3 anos ou menos absolutamente nada disso vai afetar meu cotidiano exceto mentalmente. Agora o que tá sendo meu atual pensamento enquanto eu escrevo isso, caralho, olha a quarentena que eu podia ter tido, puta merda cara eu podia ter aproveitado disso pra começar a me relacionar com minha família, a viver em união, em me conectar com coisas boas, essa pandemia apesar de ser algo horrível me deu a chance de fazer o ano mais pacífico da minha vida, e foi totalmente o contrário, isso aqui foi um inferno, um real inferno, me sinto tão estupida por tudo isso, tão mal, tão idiota, e mesmo saindo agora do twitter pra viver a vida IGUAL UMA PESSOA NORMAL eu sinto que esse sentimento de "caralho eu sou burra" vai demorar pra sair.
submitted by akiravitoria to desabafos [link] [comments]


2020.11.25 04:45 ezra-w Sobrecarga de informações

Redes sociais no geral me fazem querer me rasgar de dentro pra fora. Como se fosse "trocar de pele" mesmo. Esse excesso de informação causa uma ansiedade tão grande, meu deus. Eu volto nesse site umas 8 ou 9 vezes por dia pra ver novos posts, e o pior são nos subreddits em que as pessoas postam problemas... Tenho aquela falha na personalidade, de querer agradar as pessoas, então toda vez que vejo um problema me sinto mal se não respondo. Pensem entrar no desabafos com essa mentalidade!
Já estou no modo automático. Fazendo isso umas 3 vezes já começo a me sentir desconectado do corpo, como se estivesse me observando em terceira pessoa. Terrível. Acho que tenho tanto impulso pra ajudar porque quero ser aceito, ou porque eu mesmo preciso de ajuda e projeto isso nos outros, seguindo inconscientemente aquele ditado confuciano que "ao buscarmos a felicidade para os outros, encontramo-na para nós mesmos".
O ciclo até agora tem sido: (1) crio o hábito de querer ajudar os outros; (2) por isso, fico conferindo os posts mais recentes, sempre; (3) ataca a ansiedade, porque não consigo dar conta de ler tudo e responder tudo o que gostaria (complexo de impotência? já sonhei bastante com tentar parar trens e não conseguir) (4) eventualmente me saturo, e deleto a conta pra ser impedido de participar ativamente nos tópicos; (5) recomeça do 1.
Essa sobrecarga me lembra muito aquele momento do Jim Carrey no "Todo Poderoso", quando ele começa a ouvir os problemas de todo o mundo. Realmente não está muito longe: a informação está aí, só a velocidade de processamento que é diferente.
Fora que nem faz bem né. De que adianta me preocupar com os problemas dos outros se não estou saudável o bastante pra carregar meu próprio peso?
Desabafando pra ver se me controlo! E postando aqui porque imagino que eu não seja o único :)
Agora vou dar um tempo. Obrigado. De nada.
submitted by ezra-w to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 22:35 RedIsSusTrustMe Meu pai é um lixo que merece morrer

Antes de vir bombardear nos comentários fique calmo, eu obviamente não vou matar o meu pai.
Então galera eu nunca pensei que iria precisar de escrever um desabafo mas aqui vai. Como não estou muito habituado a escrever perdoem qualquer erro de formatação. Agora indo para o desabafo...
Então meu pai nasceu pobre e trabalhou duro para poder dar um sustento para mim, minha mãe e meu irmão e estou muito grato por isso mas...
Ele é um lixo de ser humano que não merece a vida que recebeu. Eu falo isso porque:
1- Minha mãe conheceu ele enquanto ele estava no fundo e ela ajudou ele a se erguer na vida, mas tudo que ela recebe em troca hoje é infedilidade, desprezo, e tudo de ruim. Minha mãe já me contou histórias de quando as minhas irmãs ainda viviam com a gente, que elas tratavam ela muito mal e até que uma das minhas irmãs pegou um objecto e acertou ela na cabeça deixando ela com uma cicatriz até hoje. E que ela já reportou isso ao meu pai várias vezes e que ele dizia que ela tava mentindo para ele expulsar elas de casa e essas merdas. Basicamente ele não fazia nada.
2-Saltando para o presente. Meu pai continua um lixo, como mencionei a parte da infedilidade, ele sempre trai a minha mãe, eu já sabia disso a algum tempo mas tinha medo de falar para ela porque isso arruinaria a família e enfim. Bom, alguém próximo dela avisou que ela tinha avistado o lixo com outra garota, em um restaurante. Minha mãe no final do dia foi confrontar o lixo e eu aproveitei para pegar o celular dele e como sabia o código abri e mostrei para a minha mãe as mensagens. Bom, não preciso de dizer em que isso resultou. Mas que minha mãe infelizmente não largou esse lixo porque ela está sempre pensando em nós. Ela já disse muitas vezes que se não fosse por nós, mais especificamente meu irmão de 6 anos ela teria largado esse merda a vários anos. Eu me sinto mal por ela desde então
3-Hoje minha mãe foi confrontar o meu "pai" pois a gente tá sem roupa e se vestindo mal, enquanto o cara tá sempre com roupa em dia e adivinha o que ele falou? Ele disse não. NÃO, como assim porra? Os seus filhos estão se vestindo mal e você tem coragem de dizer que não vai comprar nada? Que porra é essa, que lixo. Voltando para a história, minha mãe então foi pra sala e começou a estudar porque ela tá tentando subir na vida. Algo que espero que ela consiga apesar das dificuldades. Então eu fui ter com ela e ela desabafou comigo e bla bla bla. Aí meu "pai" chega falando merda como sempre porque já não suporta mais as verdades que minha mãe tá falando e tenta fazer minha mãe de vilã. Como sempre já que ele não tem coragem de admitir os próprios erros e por isso prefere infernizar a vida da minha mãe. A discussão acabou com o lixo fugindo da conversa como sempre e falando para eu me "disconectar" da minha mãe.
4-Meu pai é extremamente obssessivo com a merda do dinheiro dele. Ao ponto de esconder o valor que ele tem da gente, a alguns tempos atrás eu descubri que meu pai ganhava o equivalente a 65,344.93 Reais o que é muito no meu pais. Tenho que certeza que é muito pra vocês também do Brasil. Enfim, adivinha o que ele dava para as despesas da casa? 725 reais. Cara no meu pais as coisas estão muito caras e esse dinheiro não chega pra comprar nada direito. Tomem em nota que com despesas da casa eu quero dizer comida essencial, alguns petiscos, utensílios para a cozinha, casas de banho e etc.
5-Já falei que a algum tempo atrás minha mãe adoeceu e que ele não fez nada pra ajudar? É isso mesmo, minha mãe estava morrendo e esse filho da puta não tirou nem 1 puta de cêntimo para mandar ela para o hospital. A minha avó teve que vir levar ela embora para que ela pudesse ser tratada. Quando minha mãe me contou esse episódio eu já estava muito puto com esse lixo. Como alguém pode ser tão filha da puta assim?
6-E a gota de água pessoal. Sim o negócio piora. Como falei de infedilidade antes, teve uma vez que esse fdp trouxe uma garota de sei lá aonde veio, foi buscar ela em casa e trouxe para a rua da nossa. Isso foi por volta das 22h, eu estranhei um carro derepente parar perto da nossa casa por isso fui ver e adivinha o que eu vi? Sim, meu pai fodendo outra garota no carro dele perto da nossa casa, cara eu quase me perdi, nunca senti tanta vontade de bater nesse filho da puta tanto até naquele dia. Tive que suprimir toda a minha raiva. Claro, eu trouxe a minha mãe junto para ver a cara de pau desse filho da puta. Honestamente se não receasse o meu irmão mais novo eu teria matado o cara ali de tanta raiva.
O cara sempre tem o bom e o melhor enquanto deixa a gente na merda. Ele tem um iPhone X e comprou um infinix barato para minha mãe, se recusa a comprar boas roupas e comida como leite, bolachas e etc para o meu irmão. É extremamente obsessivo com o dinheiro, trata a gente da família dele como lixo. Tem coragem de trair a minha mãe e ainda se acha o correto.
Então esse é o fim galera, desculpem pelo texto longo mas agora que botei um pouco pra fora me senti um pouco melhor. Obrigado a quem leu até aqui.
submitted by RedIsSusTrustMe to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 21:26 Sweaty-Hope1123 Estou destruído, terminei meu envolvimento

Sou uma pessoa muito reservada, não costumo me envolver facilmente, somente namorei uma vez há 6 anos atrás. Conheci uma mulher incrível recentemente, há tempo não conhecia alguém tão parecida comigo. Eu gosto de tudo sobre ela: ela é linda, simpática, não faz joguinhos, gosto quando ela rir e amo conversar com ela... nos envolvemos durante 5 meses e tudo parecia ser muito reciproco, ela realmente demonstrava estar feliz comigo e que eu fazia bem pra ela. No entanto, ela passou por uma crise existencial do nada e agora está planejando mudar-se para europa ano que vem. Achou melhor não dar continuidade ao que estamos tendo porque não quer me machucar pois como está decidida a ir embora inevitavelmente teriamos de terminar. Mas eu não consigo superar isso, estou muito mal, achando que nunca mais vou encontrar alguém como ela, achando que tive muita sorte/privilegio em uma mulher como essa ter me dado bola... estou no chão, não consigo comer, n consigo trabalhar direito, n consigo me exercitar e estou sem apetite... penso nela a maior parte do dia, choro muito e to me achando um m*rda. Dói, é muita dor ):
submitted by Sweaty-Hope1123 to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 19:48 Archer_Sharp Saúde mental e discussão de relacionamento

Olá sub!
A alguns dias eu soltei um post sobre uma discussão que tive com a minha namorada em um conta de “Throwaway”, mas resolvi postar um outro desabafo agora nessa conta para interagir.
Eu namoro faz pouco tempo uma garota que conheci. Nós trocamos ideias por vários meses e rolou os nossos encontros. Eu pedi ela em namoro e ela aceitou.
Eu acho ela muito bacana, mas recentemente o nosso namoro ficou tóxico e não só isso, eu sinto medo do que está acontecendo que inclusive daqui a pouco irei falar com a minha psicóloga sobre o que está acontecendo.
Ela é uma garota linda, engraçada, trabalhadora e extremamente esforçada, mas acontece que infelizmente ela ultimamente tem sido aquela pessoa que manda na relação e eu não posso mentir que foi por culpa minha. Ela discute e bota um “ponto final” e ela não deixa argumentar a minha opinião sobre as coisas. Ahh... E a discussão é sempre via texto, porque eu acho que ela não tem coragem ou seja lá o que for por cara a cara.
Primeiramente, eu vou falar o que eu fiz de errado, pois eu também não sou santo e irei falar um pouco do passado dela sem detalhar coisas, pois valorizo a privacidade de nós 2.
Antes de rolar os últimos encontros, nós fizemos muito sexos virtuais e ela queria, pois ela falava besteiras para mim e eu retornava para ela. Ela demonstrava que gostava dessas coisas e resolvemos cada um se tocar. Até aí tudo bem, mas acontece que depois que simulamos e chegamos no ponto ela solta depois o seguinte “Você me sujeitou a fazer isso e me decepcionei, espero que você pense nisso!”. Eu me congelei no momento, pois eu não sujeitei ela a fazer isso e até perguntei umas TRÊS VEZES... Eu jamais sujeitaria alguém, pois é uma coisa séria... Deixa-me explicar melhor o que aconteceu antes...
Era uma madrugada de fim de semana... Ela tinha tirado um cochilo na casa dela e acordou no horário para a gente fazer as nossas coisas a distância, já que não tive como visitar ela e então nós ficamos via videochamada conversando sobre os amigos de cada um e esses papos normais até que ela contou o que sonhou. Ela sonhou a gente tendo a nossa transa e ela começou a falar as besteiras que rolou e que ela estava com vontade de fazer e então eu literalmente cheguei a perguntar para ela umas 3 vezes sobre se ela queria fazer virtualmente e ela aceitou as 3 vezes e então ok. Sim, eu perguntei para ela obviamente, pois como é uma coisa meio “tabu” e que precisa de acordo entre nós dois, eu tive que fazer isso. Só que do nada depois ela soltar que eu sujeitei... Não entendi, eu simplesmente me congelei e liguei para ela depois pedindo desculpas desesperado e que eu não deveria ter aprofundado no assunto, aí ela aceitou de boa na hora como se nada tivesse acontecido. Ué...
Agora sobre ela... Ela me revelou que teve depressão e que tomava remédio por causa disso. A causa disso foram os relacionamentos abusivos que ela teve no passado. Eu me lembro até dela chegando perto de mim querendo contar algo importante e ela me soltou essa e fiquei surpreso e muito triste na hora. Ela chorou e eu chorei com ela. Eu prometi a ela que eu nunca irei repetir o que aconteceu e não farei nada de errado a ela, pois caramba... Ela é uma pessoa super simpática e gente fina... Até rolar o que aconteceu, o qual irei falar em alguns parágrafos depois...
Agora vamos ao pico do problema, pois o dia em que teve esse “puxão de orelha” foi apenas a faísca do que irei falar agora. Nós tivemos as nossas outras atividades até que ela foi contratada em uma empresa em que eu fiquei muito feliz e ela também, nós chegamos até comemorar juntos! Mas acontece que... O ambiente era muito tóxico e ela ficou muito doente por causa disso. Aí, eu fiquei preocupado e eu não conseguia falar com ela a partir daí então (ela mora muito longe), logo eu só enviava fotinhos fofas para ela e memes para tentar agradá-la, até aí ok. Ela ficava feliz, mas ela por algum motivo depois cansou de fazer as nossas videochamadas e ter as nossas atividades. Aí, eu achei que tinha haver com o fato dela ter ficado enferma, mas não foi isso... Ela voltou a ficar triste e meu medo é que a depressão tenha voltado de pouco em pouco.
Ela começou a mandar apenas um bom dia e boa noite e sem nada. Nada de fofoca, convite para sair ou seja lá o que for. Ligar não era uma opção, pois ela já não tinha mais tempo para nada (trabalho e curso), logo só fim de semana ficava livre, mas ela começou a querer ficar sozinha e sem fazer nada. Eu respeitei ela e não obrigo ela (até que não tenho direito à vida dela né), mas como bobo eu fui, eu nem reparei que ela estava meio triste. Portanto, eu resolvi fazer uma visita nela.
Eu visitei ela e ela nem se tocou, logo apenas agiu como se não tivesse surpresa e nem nada. Portanto, eu achei que era cansaço do dia a dia. Ela só queria de saber dormir e então novamente eu a respeitei e deixei dormir. Ela dormiu bastante nesse tal fim de semana e de vez em quando ficamos juntos assistindo TV. Eu simplesmente achei que ela estava normal, mas acontece que como faz tempo eu não a via faz tempo e nem fazia ligação, eu queria ficar com ela toda hora, mas acabei exagerando... Porque eu invadia o espaço dela querendo abraçar ela e ela dizia que agora não, logo novamente eu a respeitei e disse que eu precisava dormir e fui então... Alguns minutos depois eu recebo no outro cômodo umas 15 mensagens de quanto idiota e invasivo eu fui com a privacidade dela e me desculpei, pois não vou mentir que eu começava a abraçar ela sem que ela esteja com vontade... Sim, abraços e nada mais... Ela achava que eu ia levar para o lado sexual da coisa, mas eu não queria e não estava nem afim, pois precisávamos também de proteção né... Eu tentei explicar que não, pois eu estava sentindo falta dela e eu respeitei o tempo em que ela estava doente, eu jamais iria querer fazer do nada essas coisas, até que tem que haver acordo de ambos lados... Eu fui embora e chorei... Eu arrependo do meu lado, mas ao mesmo tempo eu fico assustado com a mudança comportamental dela! Logo, eu tento falar com ela de forma educada a alguns dias e nada de resposta para ver o que aconteceu... Eu nunca gritei e briguei com ela... É sério... Eu nunca reclamei de nada... Eu sempre resolvi na base de diálogo quando ela me puxava e ela não querer resolver o nosso problema me soa irresponsável da parte dela.
Por fim, eu me preocupo que ela ache que eu sou uma pessoa tóxica assim sem motivo aparente e que alguma coisa tenha provocado nela após o cenário da demissão, como a depressão ou algo do tipo.
Eu só queria resolver esse problema. Se ela não quiser por algum motivo não ter relacionamento mais comigo é ok. Se ela quiser dar um tempo é ok também. Eu só quero entender o que está acontecendo e quero que ela volte a rir, pois ela sempre fez isso... Sei lá, eu estou muito triste com isso... Fizemos tantas coisas juntos... Saímos bastante, zoamos bastante, jogamos bastante, conhecemos a família de um e de outro, viajamos... O que será que aconteceu que ela não quer me perdoar? Eu sei que erro e não sou perfeito, mas eu gosto de corrigir as coisas como gente...
Bem... Esse é o meu desabafo... Muito obrigado por quem leu até aqui... A minha crise de ansiedade até parou, pois antes de escrever eu estava muito reflexivo...
submitted by Archer_Sharp to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 18:17 BlindEyeBill724 Sobre o Argumento Kalam

Bom dia a todos,
Freidenker postou uma tentativa de refutação ao argumento Kalam recentemente em https://www.reddit.com/ateismo_bcomments/jzuu2p/uma_refuta%C3%A7%C3%A3o_ao_argumento_ontol%C3%B3gico_kalam/, achei interessante comentar, não para iniciar uma discussão ou para ser impertinente, mas para esclarecer alguns pontos no pouco que consiga, de fato, um teísta não tem que, necessariamente, concordar com o argumento, em certo sentido concordo com Freidenker, então a postura é a mais amigável possível, mais ainda, devo dizer que o achei muito respeitoso, ainda mais dizendo que o que está fazendo é uma "tentativa", ele não trata o argumento como lixo, ainda que discorde, procede com cuidado, e demonstrando respeito o merece em dobro.

Sobre o Argumento Kalam

De fato, o argumento é realmente muito utilizado, me parece que sem conhecimento por parte dos teístas, como meus amigos sabem não acredito que argumentos filosóficos puros como o Kalam, mesmo se estivessem certos, podem ser usado na apologética (na defesa das religiões) com ateus¹, sem antes se faça uma análise das diferenças entre as cosmovisões clássica e a moderna. Parece-me que partem da premissa, o argumento é religioso, sou religioso, logo, devo defender o argumento. Isso é simplesmente falso, e assim que possível pretendo comentar outro argumento que eu acho não só fraco, mas simplesmente errado, falo da teoria do design inteligente (spoiler de um plot twist, a razão qual ela está errada é porque ela parte de pressupostos modernos, então também não é lá motivo de grande alegria por parte de meus amigos ateus) .
Pois bem, a exposição de Freidenker é exata:
Então, as premissas do argumento são a seguinte:
Premissa 1: Tudo que começou a existir tem uma causa
Premissa 2: O universo começou a existir
Conclusão: O universo tem uma causa
A primeira afirmação de Freidenker é, sem tirar nem por, o que eu acabei de dizer antes de ver seu post, comentei:
"Deus enquanto princípio, ninguém afirma que o Deus revelado do Cristianismo pode ser apreendido pela razão somente, isso é muito importante de ser distinguido, se a razão conseguisse apreende-lo perfeitamente e logicamente a Encarnação seria desnecessária, um religioso que tenta provar por lógica o Deus bíblico está simplesmente confuso."
Quanto a isso nem se pode dizer outra coisa. O mais é um erro, uma dificuldade em se distinguir as esferas da razão natural e da Revelação, um logicismo ou teologismo exacerbado no sentido em que diz Étienne Gilson².
Freidenker continua realizando sua crítica que não posso deixar de notar é a de um verdadeiro tomista! Não estou exagerando, podemos ler num artigo que pretendo logo traduzir do Prof.Edward Feser, um ponto muito semelhante, a mesma ressalva quanto ao uso de dados científicos (em http://edwardfeser.blogspot.com/2016/09/a-difficulty-for-craigs-kalam_2.html)
“Another reservation I have is that the argument, at least as Craig presents it, in my view puts way too much emphasis on results in modern scientific cosmology. As I have argued many times, the chief arguments for God’s existence rest not on empirical science but rather on deeper principles of metaphysics and philosophy of nature which cannot be overturned by – and indeed must be presupposed by – any possible empirical science. Heavy emphasis on current physical theory thus threatens to muddy the waters and to give the false impression that cosmological arguments stand or fall with what the physicists happen to be saying this week. (I have, of course, criticized contemporary design arguments on similar grounds.)”
"Outra reserva que eu tenho contra o argumento, ao menos da forma que Craig o apresenta, é que ele coloca muita ênfase nos resultados da cosmologia científica. Como eu argumentei muitas vezes, os principais argumentos quanto a existência de Deus não se fundamentam na ciência empírica mas em princípios mais profundos da metafísica e filosofia da natureza quais não podem ser suplantados- e realmente são pressupostos – de toda ciência empírica. Uma grande ênfase na teoria física corrente ameaça turvar as águas e dar uma falsa impressão de que os argumentos cosmológicos são verdadeiros ou falsos de acordo com o que a física nos disse na última semana. (Eu, é claro, critiquei os argumentos de design inteligente nas mesmas linhas).”
Quanto à continuação de Freidenker, ele toca num ponto muito interessante, eu nunca analisei as implicações filosóficas da lei da termodinâmica, o que eu acho fascinante, mas por hora posso pontuar somente o seguinte, a questão da eternidade ou não do mundo não tem uma relação direta com a existência de Deus, por exemplo, "o universo é eterno logo Deus não existe", como eu não sou versado nesse ponto, irei fazer minha as palavras do Prof.Feser,, seguindo as seguintes linhas de afirmações quais retirei de https://theosophical.wordpress.com/2012/06/11/is-postulating-an-eternal-god-explanatorily-equivalent-to-positing-an-eternal-universe/), irei omitir o texto inglês para não ficar tudo muito longo:
“Muitos ateus asseveram que um universo eterno é uma explanação equivalente a de um Deus Eterno. Por exemplo, Sagan uma vez perguntou, “Se nós dizemos que Deus sempre foi, por que não dar um passo e concluir que o universo sempre foi?”,. E recentemente dois proeminentes ateístas fizeram a mesma afirmação. Em seu novo livro, “O universo do nada”, Lawrence Krauss escreve, “A declaração da primeira causa deixa aberta a ques~tao, quem criou o Criador?” Afinal, qual é a diferença entre argumentar a favor de um criador eternamente existente versus um universo eternamente existente sem um” Victor Stenger concorda com Krauss:
“Krauss também descreve como a cosmologia agora sugere fortemente que um “multiverso” existe qual nosso universo é somente um membro. Mas o problema real não é de onde nosso universo particular veio mas de onde o multiverso veio. Essa questão tem uma resposta simples: o multiverso é eterno. Porque ele sempre foi ele não precisa ter vindo de algo.
E trazendo Deus para dentro da questão, alguém poderia perguntar: “Por que há um Deus ao invés do nada?” Uma vez que os teólogos asseveram que existe um Deus (oposto ao nada), eles não podem virar para um cosmologista e perguntar por que existe um universo (oposto ao nada). Eles afirmam que Deus é uma entidade necessária. Mas então, por que um universo sem Deus não pode ser uma entidade necessária?”
Eis o que diz Feser:
[~"No geral, a teologia filosófica clássica argumenta pela existe de uma causa primeiro do mundo- uma causa que não meramente se sucedeu não ter ela mesma uma causa (ao contrário de tudo mais que exista) mas uma que em princípio não precisa de um. Nada mais poderia oferecer uma explicação última do mundo.
As coisas do mundo podem mudar somente se existir algo que as mova ou atualiza tudo o mais sem a necessidade (e com efeito, sem mesmo a possibilidade) de ser ela mesma atualizada, precisamente por ela ser "pura atualidade". A mudança exige ultimamente um movedor imóvel e um "mudador" imutável. Tudo que é feito de partes só pode ser explicado pela referência à algo que combina as partes. Assim, a explicação última das coisas tem de ser simples e portanto sem a necessidade ou mesmo a possibilidade de ser "montado" para ser por outra coisa... Para Leibniz, a existência de qualquer coisa que é de algum modo contingente só pode ter sua origem em um ser absolutamente necessário.
Mas Krass simplesmente não consegue ver a diferença entre argumentar em favor de um criador eternamente existente versos um universo eternamente existente sem um. A diferença é que o universo muda enquanto o motor imóvel não, ou, como os neoplatônicos podem dizem, porque o universo é feito de partes enquanto o fundamento é absolutamente um, ou, como diz Leibniz, que o universo contingente enquanto Deus é absolutamente necessário.
Portanto, há uma razão de princípio porque Deus e não o universo deva ser considerado o término da explicação.
Alguém pode sensivelmente arguir que a existência de tal Deus não foi estabelecida. Eu penso que sim, mas isso é um tópico para outro dia. Entretanto, ninguém pode sensivelmente disputar que um imóvel, simples e necessário Deus do teísmo clássico, se ele existe, se diferenciaria de um mutável, composto, contingente universo que não requer para si nenhuma explicação."~]
É um problema de, dada a complexidade da análise de sua existência, negar de antemão qualquer essência e inteligibilidade ao conceito, o que torna todo o debate um simples diálogo entre gregos e baianos. Isso se manifesta em outros pontos, por exemplo:
-Conforme comentei numa conversa com Necro:
“Por exemplo, um exercício filosófico que sempre proponho é a reflexão sobre o significado da palavra existir na pergunta "Deus existe?", não podemos cometer um erro categorial, como dizia Husserl, não existe uma geometria dos leões nem uma embriologia dos quadrados, uma forma de existência meramente material é uma categoria contraditória com as próprias definições de Deus, se ele existir, por definição, não pode ser meramente material, pela sua definição mesma. A reflexão sobre o sentido que a existência tem de ter para que a pergunta faça sequer algum sentido levará à questões extremamente férteis, senão se tem uma dificuldade na formulação mesma da pergunta. Ironicamente, a afirmação "Deus não existe" é teologicamente correta, no sentido que a existência de Deus realmente não pode coincidir, realmente, com a forma de existência de todas as outras coisas, justamente por ser Princípio, etc.”
Analisar o sentido que a palavra "existir" tem que ter para que a pergunta "Deus existe?" faça sentido não é uma análise direta da existência de Deus, mas de sua essência. A análise da essência é o que é pressuposta para que as duas pessoas estejam falando da mesma coisa, a maioria dos ateus, partindo do pressuposto de que Deus não existe, sequer "perdem tempo" analisando sua essência, ainda que a análise da essência seja fundamental para a análise da existência. Acredito que a fenomenologia concordaria que, de certa forma, todos os conteúdos existentes na consciência são essências. A essência precede a existência na análise intelectual, um unicórnio tem uma "essência" ainda que não tenha "existência", nós sabemos que um unicórnio não existe não por uma análise de sua existência (pois isso implicaria o conhecimento real de todos os animais possíveis em todos os planetas possíveis em todos os tempos existentes), mas pela própria análise da essência nós sabemos que tiramos ele de nossa imaginação e que, portanto, é inexistente. Podemos dizer, no espírito da filosofia clássica, que a sensibilidade parte da existência para a essência, enquanto o intelecto puro da essência para a existência. Posso estar me prolongando demais nesse ponto, mas eu acho interessante porque nunca havia visto isso de forma tão clara para mim mesmo, se não conseguíssemos passar do existente à àquilo que lhe dá inteligibilidade, sua estrutura noética, não conseguiríamos entender o mundo, não conseguiríamos passar do fato de constatação da existência, da mais simples possível, não conseguiríamos superar o simples reconhecimento tácito, notemos, qualquer ser vivo possui algum grau desse reconhecimento tácito da consciência, possuindo uma relação ecológica com seu meio. Certo. Porém, se o humano não conseguisse passar da essência para a existência a inteligência se tornaria impossível igualmente, pois jamais poderíamos criar hipóteses propriamente, não teríamos o que testar e, novamente, a própria ciência, no sentido que se queira dar, se tornaria impossível, não conseguiríamos fazer nada com as essências abstraídas do reconhecimento tácito da existência.
Pois bem, outro ponto que me parece possível de se ponderar e que se relaciona com essa ausência de distinções quanto as essências, expressei da seguinte forma [e se refere às analogias que se fazem quanto a Deus e as criaturas míticas];
"1.2- Faço essa crítica das representações porque me parece um pouco de retórica tirar sarro das expressões religiosas, o que não me parece muito produtivo (é claro, os religiosos cometem os mesmos equívocos muitas vezes, não to aqui para dizer quem é concretamente o melhor), por exemplo, falar “e fosse Plutão, Hades e fossem os 12 deuses gregos”, acaba caindo numa confusão que eu penso ter esclarecido um pouco no parágrafo anterior, mas pelo menos é algo mais próximo da verdade, e isso um cristão pode facilmente admitir. Outro equívoco um pouco maior de representação é confundir a ideia de “Deus”, “deuses” com seres imaginários como unicórnios e dragões, ainda que exista algo de analogia sempre possível, pensar em “Deus”, “deuses” como categorias puramente imaginárias é um tanto confuso, a imaginação pura não tem nada a ver com toda essa discussão acerca do Princípio, do simbolismo, etc, nossa consciência tem uma certa “intencionalidade” [a discussão sobre intencionalidade é esclarecida pelo que falei a respeito da essência x existência], o que uma pessoa intenciona ao falar dos deuses não tem nada a ver com a intenção subjacente à uma pessoa que cria imagens arbitrárias em sua mente, claro, nenhum dos dois tem meios de prova empírica de acordo com o método científico, e por tomarem ambos nesse aspecto que partem do pressuposto que são iguais, mas isso é um pressuposto que na cosmovisão clássica soaria muito frágil."
"Como tudo começa a existir tem uma causa, se nada realmente começa a existir?" A formulação de Freidenker leva a outro ponto, a um fisicalismo eliminitivista, a realidade mesma seria a matéria, o mais seria uma espécie de ilusão dos sentidos e da consciência, num menage à trois entre o leitor, Parmênides e La Mettrie, tudo isso é muito interessante e peço desculpas porque me entreguei à escrita literária, o intuito não é ofender. Esse é um tema complexo que pretendo abordar posteriormente, mas acredito que no contexto dessa conversa já está claro que a coisa não é tão simples.
"Como podemos perguntar o que veio antes do tempo?" O tempo por si só é um assunto para outra hora (desculpas de novo). Mas devo dizer que o sentido que a eternidade tem quando aplicamos ao Princípio se diferencia da forma como nós o pensamos na perspectiva antropológica, veja, que algo tenha se desenrolado no tempo desde sempre e que vai durar para sempre não quer dizer a eternidade conforme compreendida na filosofia, ter sido sempre e ser para sempre dessa forma é um misto de "inascituridade" e "imortalidade", esse ser, que para não agredir tanto a língua portuguesa com inascituridade, ou seja, que não é nascituro, vou reduzir para "imortal" não é a mesma coisa que ser eterno, ser eterno, como estava explicando para meu amigo é como ser um ponto no meio de um círculo, ponto cujos raios vão, ao mesmo tempo, para todas as coisas, ele é Princípio, está no Princípio não no sentido de início do tempo (a modernidade que começou com essa ideia de que Deus pode ter criado tudo no começo e depois ido descansar). Como diz Boécio, Aeternitas igitur est interminabilis uitae tota simul et perfecta possessio, a "a posse total, simultânea e perfeita de uma vida interminável” , o destaque vai para a palavra simultânea, ademais, na metafísica clássica trabalhavam com diferentes formas de tempo, não só a que consideramos o temporal, mas a eternidade, e a eviternidade, não são só diferença quantitativas mas qualitativas.
"O júri ainda não se pronunciou se é correto dizer que o universo começou a existir", e é interessante notar que a questão está aberta mesmo para São Tomás de Aquino, que não contava com o método científico (não que o método científico tenha a voz última, é claro). Freidenker se aproxima de uma concepção singularista de causa (o debate, é claro, deveria passar sobre uma análise profunda sobre o conceito de causa) mas o que me chama a atenção é o pressuposto implícito de que a prova, necessariamente, tem de ser empírica ou mais precisamente de acordo com a concepção de experimento que a ciência usa, não critico a ciência, é claro, mas pontuo que esse é um pressuposto tipicamente moderno e que a análise da teoria do conhecimento clássica-medieval é fundamental para se entender porque os apologistas parecem tão insistentes, espero que eu não seja burro, já que sei que não sou mal intencionado. O special pleading se insere perfeitamente na forma qual o debate acontece hoje, tudo parece se reduzir à tentar desmascarar a falácia adversária, nomeá-la e vencer a batalha por W.O (Walkover), o argumento lógico é uma cereja raríssima de um bolo extraordinário, o duro da massa e o recheio é a dialética, chegar para vocês e dizer que estavam fazendo um petitio principii aqui e ali não ajudaria muito, ainda que eu devo concordar com o Necro que alguns "argumentos" religiosos bem merecem a navalha de Hitchens. O special pleading acontece porque não levamos em consideração a profunda diferença entre o weltanschauung (cosmovisão) clássico religioso e o moderno. Não adianta eu dizer que a matéria escura comete um special pleading, se faz parte de sua essência ser como é não posso dizer que sua existência é impossível, se possui inteligibilidade, o mesmo se aplica à Deus, o problema é que Deus, realmente, é o special pleading dos special pleading, não porque seja falacioso, porque ele é realmente, por definição, algo único, não só ontologicamente mas logicamente (as palavras que usamos para com ele, se consideramos sua essência, só podem ter um sentido diverso, o porquê disso só é alcançado se entendemos as grandes diferenças que separam o mundo moderno do pensamento antigo). Não acredito que toda a filosofia antiga que chegou com Aristóteles no Motor Imóvel, com Platão no Bem e com Plotino no Uno, é somente uma sequência de argumentos ad hoc para provar algo irracional, eles que inventaram o que chamamos de filosofia, o a priori de Deus não surgiu do a posteriori dos filodoxos.
Pois bem, espero ter acrescido algo, desculpe a extensão e o uso das palavras de Freidenker (e principalmente ao próprio), é útil tratar de questões concretas, me referindo à algo que está sendo efetivamente pensado, igualmente escrevo para esclarecer também a mim mesmo.
Um abraço para todos!
_____________________________________________________
¹Meu posicionamento pode ser encontrado em -> https://www.reddit.com/ApologeticaCrista/comments/jx3m63/uma_breve_introdu%C3%A7%C3%A3o_pessoal_%C3%A0_apolog%C3%A9tica_crist%C3%A3/
² Gilson encontra no teologismo a usurpação do papel da razão em detrimento da teologia, e no logicismo a tendência da lógica a suplantar a metafísica, como diz o Prof.Oleniski, qual admiro e cujo blog recomendo, "Seja o "Logicismo" de Abelardo, o "Teologismo" de Ockham, o "Matematismo" de Descartes, o "Fisicismo" de Kant ou o "Sociologismo" de Comte, todos esses "ismos" apresentam uma e a mesma estrutura, a submissão da filosofia, respectivamente, à Lógica, à Teologia, à Matemática, à Física e à Sociologia.", em http://oleniski.blogspot.com/2012/06/etienne-gilson-metafisica-conhecimento.html. Gilson também vê no catolicismo três famílias de autores, a família de Tertuliano, que se opõe a razão, e cujo exemplo próximo de nós pode ser encontrado no irracionalismo neopentecostal, a família de Agostinho, qual podemos aproximar daqueles que, tentando usar da lógica ainda partem de um pressuposto bem intencionado da fé, e a família tomista, que distingue a razão e a fé.
submitted by BlindEyeBill724 to ApologeticaCrista [link] [comments]


2020.11.24 15:44 biafreita O pénultimo dia de aula (Antes da quarentena)

Bem Quanto tava no ônibus da escola achei que ia ser normal...foi o contrário de tudo cheguei lá umas 23 crianças me atropelaram quanto descendo do ônibus entrei lá foi logo para a cafeteira para pegar lá o café da manhã que tinha... O SINAL FDP TOCOU Beleza foi para a sala sentei na cadeira e esperei "Professora" chegou eu olhei e já percebi que a prof tá doente e essa e uma........ estagiária digamos;-; Até aí tudo bem soque... -CALA BOCA PORRA-mano a "prof" disse isso,coloquei funk só por causa disso E eu literalmente pensei ( A cada palavrão vai ser PIOR) A "prof" FALOU EU SE FUDER E QUE NAO LIGA PARA NÓS de cara o um moleque pegou a cadeira dele falou para agente olhar a janela ela saiu com a cadeira foi lá pro terraço;-;escalou aquelas Crates sabe?e tacou a cadeira outra criança pegou a messa E fez a mesma ✨merda✨ Meu amigo olhou para mim e disse: hell it's done:D Tradução e de uma música que eu gosto lá ele disse mais ou menos O INFERNO TA FEITO:D Falei a mesma merda soque concordei ;-; Hell really is ready-disse outra amiga minha eu falei Hell is ready beleza na minha volta os moleque pegou uma caixa de 🌺✨fósforos ✨🌺 oque pode dar de errado? Pegou acendou fogo e outra criança gritou- EU VOU PROCURAR A ✨GASOLINAAAAAAAA✨ OQUE PODE DAR DE ERRADO;------;? Eu-infermo realmente vai dá pronto daqui a pouco Minha amiga: concerteza Meu amigo:SEM DUVIDAS GALERAAA INFERNO VAI DA PRONTO DAQUI A POUCO QUEM E O DJABO? Moleque que tava na sala:A ESTAGIÁRIAAAAA ✨Como vcs viram a minha escola e normal✨ Agente botou fogo na escola soque agente não apareceu na tv;-; nem nos jornais;-----;Mais ainda sim eu tenho orgulho;-;
submitted by biafreita to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 13:26 SopaDeMolhoShoyu Relembrar é viver! Por isso, vou postar aqui a história de um clássico da Internet brasileira, a lenda de Leonam e seu Dreamcast!

Seguinte...vou fazer a defesa do meu mestrado hoje à tarde, e tô me cagando de medo. Por isso, tô procurando atividades para me distrair...como, por exemplo, ler a incrível história do rapaz que gozou em seu Dreamcast. Li essa história pela primeira vez no longíquo 2003, em um off topic da Seventh Page, um antigo fórum do Iron Maiden, e fiquei uma semana inteira rindo dessa merda. Ainda hoje, leio esse tão emocionante texto, que se tornou um clássico da Internetcha, e dou muita risada da situação pela qual o nosso amigo Leonam passou.
QUEBREI MEU DREAMCAST - PARTE 1
"Quebrei meu dreamcast de bobeira, meu nome é Leonan tenho 13 anos,parece brincadeira mas é a pura verdade, tudo começou quando estava jogando Craxy Taxi pirata passou um tempo fui trocar o cd então desliguei o dreamcast tirei o crazy taxi e deixei a tampa aberta(meu erro) para colocar o cd de boot, mas aí o pessoal de casa resolveu sair então fiquei sozinho em casa, pintou aquela vontade de tocar sonfona, o meu dreamcast fica na mesma mesa do computador, então liguei o micro acessei uma página (que vi neste forum...) e to lá, em frente ao micro vcs sabem né...então chegou aquela pressão não pude segurar mas como eu tava na frente do computador para não sujar o monitor e o teclado meu reflexo foi de virar para a esquerda justamente onde tava meu dreamcast com a tampa aberta(**** falta de sorte)...isso mesmo galera ...EJACULEI NO MEU DREAMCAST... riam deste cara sem sorte,não sei se rio ou choro, a lente sujou toda, limpei o quanto pude mas em cima da lente a gosma secou Agora o que é que eu faço? fiz de tudo para ganhar este dreamcast não tem um mês direito e já estragou minha mãe vai me matar quando descobrir que ela pagou 750 reias e eu já quebrei, tá na garantia ainda mas o que eu falo pro cara da loja? Como faço para limpar a lente agora? me ajudem por favor ! Nunca mais me masturbo na minha vida!"
QUEBREI MEU DREAMCAST - PARTE 2
Recapitulando : Depois de acidentalmente gozar em cima da lente de seu dreamcast não conseguir limpá-la , nosso amiguinho punheteiro volta de escola decidido a novamente tentar ligar para a tectoy(representante da sega no Brasil) para tentar saber se seu dreamcast ainda tem salvação ... "Cheguei em casa depois da escola hoje de manhã...vim correndo quando abri a porta até ofegante..adivinhem com quem encontro de cara "MINHA MÃE"(parece um general) com meu dreamcast no colo sentada no sofá da sala me esperando com cara de querer me matar...gelei do pé até a cabeça na hora,então a 1ª COISA QUE DISSE FOI: LEONAM...O QUE FOI QUE VOCÊ DERRAMOU NESTE VIDEOGAME? quase cai pra trás Aí eu perguntei...POR QUE MÃE... ELA DISSE GRITANDO: POR QUE EU LEVEI O VIDEOGAME NA LOCADORA ONDE EU COMPREI E O VENDEDOR ABRIU ! TINHA MANCHA DE ALGUMA COISA LÁ DENTRO...VAI FALANDO AGORA...(SUEI FRIO ATÉ GAGUEJEI), VOCÊ DERRAMOU CAFÉ COM LEITE NESTE VIDEOGAME LEONAM? NÃO ACREDITO QUE TE DOU UM BRINQUEDO CARO DESTES E VOCÊ JÁ QUEBROU! Aí eu falei NÃO DERRAMEI NADA AÍ NÃO, então ela falou: QUE CHEIRO DE QUEIJO É ESSE AQUI DENTRO!ALGUMA COISA VOCÊ DEIXOU CAIR AQUI? A GARANTIA NÃO COBRE ISSO SABIA LEONAM...(sabem como é tremer as pernas pois é tô assim até agora)Corri e me tranquei no quarto tô aqui até agora, com uma **** fome, peguei o telefone e liguei pra tectoy, antes de falar com o cara prometi que não era um trote até jurei, VOCÊS ACREDITAM QUE O CARA DO ATENDIMENTO RIU DE MIN! PARECE INGRAÇADO MAS EU TÔ NO SAL! VÔ LEVAR A MAIOR COSSA! A PROPOSITO ELE DISSE PARA NÃO RASPAR A LENTE E LEVAR MEU DREAMCAST NA ASSISTENCIA TÉCNICA, E FALAR A VERDADE PRO CARA DA ASSITENCIA PRA ELE NÃO MEXER ONDE DEVE, MAS COMO EU CONTO AQUILO NO BALCÃO(algo como...ô moço gozei no meu dreamcast!) Acho que minha mãe já sacou,o que eu faço? Claro que ela sabe que cheiro é aquele...toda terça e quinta ela e meu pai mandam ver a noite toda! Ela só quer que eu fale para poder ter um motivo para quebrar minha cara! Eu acho que vou contar pro meu pai...se eu tivesse irmão menor eu colocava a culpa nele mas não tenho...fazer o que? tô ficando maluco! MINHA ULTIMA CHANCE SÃO VOCÊS...OU EU MESMO LIMPO A LENTE COM ALCOL OU AGUA OU MINHA MÃE VAI ACABAR COMIGO! ME AJUDEM AMIGOS COMO TIRAR ESPERMA DA LENTE SEM ESTRAGAR MEU DREMCAST?" E agora , o que irá acontecer ? Conseguirá nosso amiguinho punheteiro salvar-se dessa situação constrangedora ? Sua mãe já está desconfiada, é uma corrida contra o tempo !
QUEBREI MEU DREAMCAST - PARTE 3
Recapitulando : após estragar e lente de leitura do seu dreamcast com seu esperma , nosso herói leonam falhou duas vezes em conseguir socorro no telefone de ajuda da tectoy , mais tarde sua mãe descobriu que o filho estragara o DC , e é possível que ela já desconfie de de que líquido é aquele no Dreamcast ... o que será do herói punheteiro ? Ao pedir amparo e vários fóruns , Leonam consegue ajuda de dois seres , Erik e Francisco . porém , ao entrar no quarto ... "Olha Erik e Francisco obrigado por estarem me ajudando isto tudo é verdade eu juro! Tenho uma coisa a dizer... primeiramente já que estão sendo gente boa comigo, Quebrei minha promessa, é mais forte que eu, parece vicio, toquei uma hoje enquanto tava trancado dentro do quarto...desculpem....desta vez mirei direto e não acertei nada! pelo menos isso! Nando já que você não pode ajudar não piore as coisas tente fazer você [quanto mais idiota melhor 3] ou [ejaculacao precose o retorno],até parece que você nunca passou aperto por causa da "pomba branca"... e Francisco lopez o cara da TECTOY disse para min que para limpar lentes existe um CD LIMPADOR aqui em casa tem, sabe...aquele que tem uma músicas em várias linguas com uma micro escovinha...enquanto se ouve a música ele limpa a lente... mas o problema é o seguinte o CD LIMPADOR limpa só poeira, sujeiras leves, não "gosmas" que já secaram! Eu tentei passar mas não deu , o console tá seguinho não lê nada ! Lestat não tentei comer meu dreamcast e tambem não comecei a gozar agora não já é a 5ª vez é o que isso tem a ver? Francisco prefiro não dizer o bairro onde moro por que as coisas podem piorar, tem um cara até querendo colocar isto tudo em uma página imagina se descobrem onde eu moro...vou sofrer pro resto da vida! (nunca pensei que uma punheta fosse acabar comigo!), contei isso que tá acontecendo comigo pros meus colegas e na minha classe já me colocaram até apelido "GONZAGUINHA" sabem por que né!?...aquele sanfoneiro! Quem poder me ajudar, respondam esta mensagem neste forum, eu agradeço, e quanto a minha mãe para vocês terem idéia eu tenho de apagar o histórico do meu computador por que ela checa tudo, já pensou se ela entra neste site e descobre tudo? que vergonha e que cossa que eu vou tomar...vocês podem até me achar infantil mas só tenho 13 anos tô descobrindo as coisas agora! É errando que se aprende, vocês acham que ia fazer isso logo no meu dreamcast !Ajuda é só isso que tô precisando." E agora , só falta uma parte e Leonam ainda não conseguiu resolver seu problema com o dreamcast ! Conseguirá ele consertar se dreamcast e fazer com que sua mãe não descubra toda a verdade ? Pior ainda , conseguirá ele se conter e parar de bater punheta , prevenindo que estrague ainda mais seu dreamcast ou otra coisa de seu quarto ?
QUEBREI MEU DREAMCAST - PARTE 4
Sem mais rodeio, devaneios e reacapitulações, assistam agora ao final da mini-série "QUEBREI O MEU DREAMCAST" protagonizada pelo galã do momento(o primeiro galã da história que é reconhecido como punheteiro!) , Leonam ! "Galera finalmente meu terror chegou ao fim...graças a Deus...não apanhei mas foi muito mais pior eu juro!Passei pela situação mais embaraçante da minha vida Como eu tava vendo que o trem ia ficar pro meu lado... abri o jogo com o meu pai...foi assim depois que cheguei da escola chamei meu pai no quarto encostei a porta e contei tudo(minha cara rachou de tanta vergonha...)falei "PAI PELO AMOR DE DEUS, O SENHOR JURA QUE SE EU TE CONTAR UMA COISA O SENHOR NÃO CONTA PRA MAIS NINGUEM" ele concordou...(eu acreditei...)então fechei os olhos e contei:PAI FOI EU QUE QUEBREI O VIDEOGAME MAS FOI SEM QUERER, EU ESPORREI NELE! Ele riu, riu de chorar, aí eu falei: FOI SEM QUERER TÔ MORRENDO DE VERGONHA MAS FOI ISSO QUE ACONTECEU, até aí tudo bem, ele disse que ia dar um jeito de concertar,me deu uma bronca por ter acessado o site XXX,nunca mais entro em site de sexo eu prometo !, voltamos para mesa almoçamos e eu tava já até um pouco ali*****...vocês sabem pai sempre da um jeito em tudo,MAS NÃO PENSEI QUE ELE FOSSE FAZER DESTE JEITO! SABEM O QUE ELE FEZ...CONTOU PRA MINHA MÃE...eu tava lá no quarto deitado na cama jogando meu gameboy(STREET FIGHTER2 ADORO !) quando entra minha mãe COM UM SORRIZINHO SACANA de mão dada com meu pai então ela disse: LEO EU E SEU PAI PRECISAMOS CONVERSAR COM VOCÊ(acho que minha alma saiu do corpo naquela hora,tô sem jeito de olhar para minha mãe até agora!),AÍ COMEÇOU A SEÇÃO DE EDUCAÇÃO SEXUAL... (olha que palhaçada): VOCÊ LEO AGORA TÁ VIRANDO RAPAZINHO(minhas orelhas ficaram pegando fogo de vergonha) TÁ DEIXANDO DE SER CRIANÇA...SEU CORPO AGORA VAI COMEÇAR TER MUDANÇAS SUA VOZ JÁ TÁ COMEÇANDO A MUDAR,VÃO CRESCER PELOS NO SEU CORPO(eu só olhei pra cara do meu pai) SABE LEO VOCÊ TÁ VIRANDO UM ADOLESCENTE(como eu não soubesse na escola já passaram aquela fita dos coelhos TICO E TICA sabem aquela baboseira dois coelhos mongoloides que crescem e transam na maior pureza..."olha a TICA tá crescendo seios e menstrua" "olha o TICO tá ficando com a voz grossa e com pêlos por todo o corpo... ô meu Deus o que é aquilo que o TICO está fazendo professora pergunta TICA ele está se MASTURBANDO TINA...mas o que é masturbação...e por aí vai...") Minha mãe ainda disse: QUANDO DER VONTADE DE FAZER AQUILO...VAI NO BANHEIRO FILHO ASSIM VOCÊ NÃO CORRE O RISCO DE SUJAR COISAS QUE NÃO DEVE,(minha vontade era de explodir),DEPOIS QUE VOCÊ FAZER AQUILO LAVE AS MÃOS PARA NÃO SUJAR AS COISAS DE ESPERMA(vocês podem imaginar como estou agora ) o pior ainda está por vir... Vocês não acreditam o que minha mãe fez: ...LIGOU PARA TODAS MINHAS TIAS(6) E CONTOU QUE JÁ ME MASTURBO(meu DEUS o que ela queria com isso?)ATÉ PARA MINHA VÓ QUE MORA NO RIO ELA LIGOU,CONTOU ATÉ PRA MOÇA QUE TRABALHA AQUI EM CASA(que é gatinha!)....(agora mais ou menos as 16:45 minha vó me ligou para me encher dizendo que isso é feio pra min parar de fazer isto ESTOU SEM MORAL COM MINHA FAMILIA, minha mãe me expos ao ridiculo! Minhas tias do jeito que são já devem ter contado pros meus primos...tô ferrado, CONCLUSÃO DESSE ROLO: MEU PAI DEPOIS DO SERVIÇO PASSOU NA LOCADORA E DEIXOU MEU DREAMCAST PARA CONCERTO,MAS OLHEM QUE ABSURDO, O CARA DISSE QUE A LENTE JÁ ERA E UMA NOVA ADVINHEM QUANTO CUSTA...450 REIAS SEM A MÃO DE OBRA DO LADRÃO DO TÉCNICO(mas ele deixou para concertar acho que é para não me desapontar,vou dar a idéia de comprar um console Japonês acho que tá nesse preço..é bem melhor né?),MAS MESMO ASSIM ME PASSOU UM SABÃO PARA TER MAIS CUIDADO QUANDO FOR FAZER AQUILO(eu tô com complexo de masturbação... toda hora que pinta vontade...fico na maior paranoia de estragar alguma coisa de sujar alguma coisa...acho que isso marcou minha vida pra sempre!)" PARA TODAS AS PESSOAS DESTE FORUM QUE TENTARAM ME AJUDAR "OBRIGADO" NÃO SE MASTURBEM PERTO DE VIDEOGAME PODE QUEBRAR (isto tinha que vir no manual do aparelho) Valeu amigos!" E assim termina a saga ... É só !
submitted by SopaDeMolhoShoyu to brasil [link] [comments]


2020.11.24 13:09 RicardOtario Procastinação e Liberdade

Há pouco tempo atrás, eu estava cansado de não fazer nada ( além da EAD claro ), então comecei a ligar para amigos e jogar bastante, mas mesmo assim ainda me sentia muito inútil e vazio, sem coisas para fazer quando eu parava, então decidi procurar algo para eu organizar minha vida.
Procurei por uns 10 minutos e achei um aplicativo chama 7waves, que inicialmente parecia ser um bloco de notas mais bonito. Fui lá e comecei a marcar o dia que iria começar, o horário que eu iria fazer aquilo, quando eu iria parar, seu tipo de classificação, o que eu devia fazer e por ai vai. Marquei apenas o importante e coisas que tenho vontade de fazer, como desenhar todo dia. Tenho que dizer, isso tá me ajudando muito, pois quando da a hora ele fica dando notificação e alarme, eu vou e faço, assim eu consegui equilibrar todo o meu dia de um jeito que eu consigo ser produtivo ao ponto de acordar, fazer a EAD, fazer alguns exercícios em casa ( Flexões, coisas simples em geral ), jogar durante a tarde, brincar com meu cachorro, fazer a tarefa, tocar 30 minutos de violão e desenhar.
Falando assim parece mil e uma coisas e que vai dar muito trabalho, mas quando você tem tudo em mente e de forma organizada, fica muito menor, porquê ai eu consigo retirar os habitos por exemplo, marcar uma rotina só para alguns dias específicos e por ai vai. Dessa forma consegui até organizar meu cronograma pra aprender Italiano e Russo ano que veem.
Gostaria de compartilhar essa ideia minha, pois talvez dessa forma eu possa encorajar mais pessoas a fazer mais coisas que sempre quiseram, mas não conseguem por procastinação ou falta de tempo.
submitted by RicardOtario to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 11:53 ben_avid Que música eu coloco? [O que achou?]

Vai no aleatório mesmo.

Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar
Ficou deitado e viu que horas eram
Caralho que dia chato da porra, papel pra cacete, suor pra cacete, falação pra cacete. Ah, oi tudo bom? Térreo por favor.
"Tudo bom senhor. Térreo pode deixar."

Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
E conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer
Um carinha do cursinho do Eduardo que disse
"Tem uma festa legal, e a gente quer se divertir"

Festa estranha, com gente esquisita
"Eu não to legal, não aguento mais birita"
E a Mônica riu, e quis saber um pouco mais
Sobre o boyzinho que tentava impressionar
E o Eduardo, meio tonto, só pensava em ir pra casa
"É quase duas, eu vou me ferrar"

Obrigado viu, boa tarde.

Que que eu tenho que fazer quando chegar em casa? Provavelmente lavar alguma louça, lavar roupa, lavar a casa inteira seria uma boa na real. Regar...
"Você já comeu ali no Mistura Fina? Ou, é barato mas é gostoso em!"
Oh droga, preciso comer alguma coisa ainda. Acho que vou passar ali no Zé, pegar um cachorrão mesmo pro almoço e já era.

Se encontraram então no parque da cidade
Nossa senhora, que calor absurdo é esse?
O Eduardo achou estranho, e melhor não comentar
Mas a menina tinha tinta no cabelo

"Oh mano, fiquei com a Laryssa vei, da hora a mina em mano. Troquei ideia no insta, curti as foto dela, fui desenrolando, saimo ontem e rolou."
"Cê é novo ainda mano, dá pra faze essas coisa."

Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus
De Van Gogh e dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud
E o Eduardo gostava de novela
"COMPRO OURO! COMPRO OURO!"

Oi seu Zé, bom? Quero um completo pra viagem por favor.
"Pode deixar. Um completo pra viagem!
E o Eduardo ainda tava no esquema "escola, cinema
Clube, televisão"

Hmmm um cineminha seria bom em? Que filme será que tá passando? Vou olhar depois.
E os dois se encontravam todo dia
E a vontade crescia, como tinha de ser

Eduardo e Mônica fizeram natação, fotografia
Teatro, artesanato, e foram viajar
A Mônica explicava pro Eduardo
Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar

Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer
E decidiu trabalhar
E ela se formou no mesmo mês
Que ele passou no vestibular

"Completo pra viagem. Ficou dez reais."
Aqui. Brigado.
E todo mundo diz que ele completa ela
E vice-versa, que nem feijão com arroz

"Aqui na Casa Mendez você encontra o mais novo móvel para a sua casa."
"Cara você viu a noticia que saiu hoje? A porra do governador tá querendo aumentar o imposto em remédio."
"Não é possível mano, como assim? Que putaria do caralho."

A música tá quase acabando, qual será que vai vir depois, tô numa vibe de música mais tranquila assim, alguma brasileira também.
Só que nessas férias, não vão viajar
Porque o filhinho do Eduardo tá de recuperação
Ah! Ahaan!

"Esse aqui é o ônibus que vai pro Santo Antônio?”
"É sim, senhora."
"Corinthians tá uma vergonha em, jogadorzada não corre nessa porra."
"Senhor você tem um trocado pra me dar?"
Putz cara, to sem nada aqui no bolso, sinto muito.
"Você viu que vão matar a Betinha na novela hoje?"
"Não!"
"COMPRO OURO! COMPRO OURO!"
Que não existe razão!



A lua inteira agora é um manto negro oh oh
O fim das vozes no meu rádio oh oh
São quatro ciclos no escuro deserto do céu
...
submitted by ben_avid to rapidinhapoetica [link] [comments]


2020.11.24 07:04 itinlwl Eu vo morrer? 👉👈

Eu acho que eu vou morrer? Tipo, a um ano atrás +- eu fui atropelado por um carro, e eu fiquei uns 3 dias em coma, minha mãe e irmã fez uma promessa de que ia me levar pra Aparecida do norte se eu levantasse, e advinhem? Elas querem ir AGORA, e a gente VAI ESSA SEMANA assim, sem noção, nem nada. E pra piorar, as sem noção vão ir pra praia dia 5 de dezembro Eu tô fazendo uns negócios pra dar de presente pra alguns amigos no fim de ano, eu pretendia dar no fim de semana do dia 5, pra não passar a porra da exposição, mas agora, acho que não vai dar não, e eu não vou nem poder ficar sozinho em casa PQ A MINHA MÃE QUER CHAMAR MEU PAI PRA FICAR COMIGO AQUI Eu tô a sei lá quanto tempo ansiando por ficar sozinho em casa, eu temho 19 anos, e eu realmente gosto MUITO de ficar sozinho, talvez pela criação narcisista ser uma merda, mas tudo que eu queria era ficar sozinho no fds do dia 5 e sair pra entregar os presentes
Mas o que me faz me perguntar se eu vou morrer, é o fato de que, de alguma forma, eu não sei se eu sonhei, ou se sei lá, mas de alguma forma, desde janeiro, eu acho que de dezembro eu não passo vivo, e agora, pensando bem, tudo se encaixa, o covid, aparecida do norte, a praia e os presentes (despedida)
Eu tô sendo muito paranóico? Ou isso realmente faz sentido?
submitted by itinlwl to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 03:32 Charada-Brasileiro Sou Amante da relação

Tudo começou quando resolvi mudar. Mudar minha atitude um pouco, reinventar algumas coisas. Acabei conhecendo essa moça. Fazemos o mesmo curso técnico. Quando ela entrou na sala, cabelos loiros no ombro, sorriso aberto no rosto, deu pra ver que me chamou atenção. Logo descobri que o nome dela é um atrás do meu na chamada e isso foi motivo para puxar papo e nos conhecermos.
Nunca eu fui o bambambam da pegação. Sempre fui mais do tipo sério, introvertido. Mas como eu disse... Resolvi mudar. Então comecei a interagir ao máximo que podia sem sufocar. Com o tempo passei a dar carona pra ela, ficávamos conversando na praça e certa hora eu ia deixa-la em casa. Boatos começaram a circular sobre a gente. Não vou mentir, tava achando ótimo afinal ela é linda e eu sou eu kk. Até que em um sagrado momento num dia aleatório. Ela veio e me deu um beijo, um beijo rápido ali no meio de todo mundo, mas ninguém viu. Mandou uma mensagem depois dizendo que tava LOUCA para fazer aquilo faz tempo. Fiquei feliz, sim me senti leve como uma pena e ao mesmo tempo meu coração queria sair pela boca, fazia tempo que não sentia tal sensação.
Os dias foram passando e a intimidade aumentando. Os beijos estavam cada vez mais quentes. As conversas em tons mais picantes com frequência. Era lógico o que iria acontecer em breve. Como falei, eu a deixava em casa. E no caminho tem um motel, não muito chique. A gente nunca foi lá, mas esse lugar é importante, já chegamos lá.
Bom, então em vez de ir no motel ela decidiu aparecer de surpresa na minha casa no fim de semana. Show de Bola... Fui no céu e voltei essa tarde. Amei dormir depois com o cheiro dela no meu travesseiro.
Até que numa dessas vezes que eu ia deixa-la em casa, já na volta o segurança daquele motel desce da guarita e me chama. Diz que eu deveria me afastar, que ela era chave de cadeia e o pior, que ela tinha noivo. Um cara de uma cidade vizinha. Quando a questionei, inicialmente ela negou. Depois pediu desculpas e chorou. Dizendo que só via o cara nos finais de semana. Dersculpas dela a parte eu era o amante sem saber. Fiquei bolado mas não consegui ter raiva dela. Pois ainda gosto. Mas sei que é algo totalmente sem futuro, mas hoje consigo ver como ela era sonsa. Não sei o que é moralmente certo.
submitted by Charada-Brasileiro to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 23:21 akiravitoria Chega de twitter, pelo amor de deus CHEGA

OBS: Agora que eu li tudo eu percebi que eu usei uma linguagem bem rude, perdão se eu soar babaca ou pedante é que eu tava muito puta da cara escrevendo, enfim:
Entrei nessa porra desse site de merda a um ano e puta que pariu que erro enorme, nem só pelo site ser uma merda mas por ter conhecido pessoas e me relacionado com elas lá, ao longo desse um ano eu percebi que um amigo meu era pedófilo, entrei em um monte de briguinha idiota, vi gente que eu amava cometendo literal suicídio e adquiri depressão, e inclusive no meio dessas briguinha idiota eu acabei fazendo MUITA, mas MUITA merda por imaturidade, e por conta disso um monte de gente que eu amava me largou bem quando minha depressão começou a ficar mórbida pra caralho, vi gente que eu nem conhecia me bloqueando e CARALHO quando tu é jovem e tu percebe que existem pessoas que te odeiam porra tu fica zoado, mas ok, reconheci toda merda que eu fiz, tentei superar isso, virei uma pessoa mais madura e tô tentando seguir com minha vida bem e tranquila na medida do possível, e hoje do nada essas brigas idiotas voltaram, eu ainda não sei o porquê depois de MESES elas voltaram, mas bem, voltaram, e eu me vi sendo bloqueada por uma das pessoas mais gentis e legais que eu já tive prazer de conhecer e ela ainda se recusando a falar comigo ou me dar uma explicação, não, eu não sou vítima e de certa forma eu mereço isso, mas porra MESES depois de toda briga, tipo, MESES, eu tô só tentando viver minha vida e já tava bem afastada de todo mundo dessa briga, mas depois de MESES isso veio me buscar, e aí depois de um ano usando esse site com muita tristeza e raríssimos momentos de alegria genuína eu concluí: fodase, vou sair, se depois de meses dessa briga isso ainda me assombra, eu acho que vai ser melhor pra todo mundo se eu sair, quero que o Twitter deixe de ser minha segunda vida e vire algo que eu usei bastante durante um ano no meio de uma pandemia mundial e só, muita gente lá não gosta de mim, eu não tô feliz e eu sou um puta imã pra confusão e coisas do qual eu vou precisar de dez anos de terapia pra superar, as pessoas lá não gostam de mim, tenho alguns poucos amigos de lá que ainda tão comigo e eu vou manter contato com eles por discord. Pretendo começar a usar bem menos até largar totalmente, e apesar de tá triste com toda essa situação merda eu tô bem por tá largando isso. E como eu já disse, não sou vítima, tô comendo o pão que eu implorei pro diabo amassar e tô tentando amadurecer e me redimir dos meus erros, mas acho que é impossível eu seguir em frente estando presa a literal fonte de todos esses problemas
submitted by akiravitoria to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 22:58 Ramonzera_ O vagabundo que só fica no quarto

Ultimamente uma coisa vem me deixando muito desconfortável em relação a minha família, sou estudante de arquitetura, e trabalho de freelancer com modelagem 3d e renderizações, meu estudo e meu trabalho depende exclusivamente de horas na frente do computador, coisa que eu faço todos os dias úteis a tarde, mas parece que a família não entende isso e quer taxar você de vagabundo. Hoje me deparei com uma situação totalmente desconfortável, quando uma prima veio me visitar, (vem uma vez por ano) , entrou no quarto e eu estava trabalhando, ela simplesmente começou a gravar um historie dizendo:
"tá vendo, não faz nada e só fica no quarto, não sabe o que é dar duro na vida, por isso que não tem amigos e depende dos outros pra tudo"
Isso fez meu sangue ferver, esse ano mesmo com a pandemia , consegui um bom estágio, consegui comprar um ótimo computador, uma bicicleta, e um celular, além de arrumar uma ótima namorada também, estou super bem de vida, gasto meu auxílio emergencial ajudando minha mãe e meus avós, e mesmo assim sou obrigado a escutar esse tipo de coisa , me desanima muito ver toda a família comentar sobre isso sem ninguém vindo me perguntar o que eu sinto com isso tudo, por muitas vezes me vejo desamparado e sem ânimo pra continuar estudando , fazer o que eu gosto ultimamente se tornou cansativo e chato por eu sabe que nunca vou ser bem visto pela família, enfim, é isso
Um desabafo de um "talvez" futuro arquiteto, que é a piada da família e que está cansado de ouvir esse tipo de coisa.
submitted by Ramonzera_ to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 19:27 ThrowRA23112020 Minha cabeça tá a mil... Me ajudem por favor

Olá Reddit!
Eu recentemente comecei a namorar uma garota de outro cidade e temos um relacionamento de longa distância. Ah e é o meu primeiro relacionamento.
Nós no começo fomos muito apegados muito ao outro, mas recentemente sinto que o fogo entre nós diminuiu, pois ela começou a estagiar em um lugar que recentemente levantou um pouco de stress nela, pois uma chefe dela “causou” lá dentro e várias pessoas foram demitidas bem na época que ela entrou. Ela infelizmente ficou até doente com isso, pois ela estava ansiosa para finalmente arranjar um emprego nesse momento em que estamos vivendo e não foi um mar de rosas pra ela.
Nós fazíamos videochamadas todos dias e ela parou, logo eu respeito isso e entendo o motivo, pois além do estágio ela tem a faculdade de noite. Ah e sem contar que quando ela adoeceu, eu fazia presentinhos para ela e as enviava. Eu me esforço tanto para cuidar dela, pois tenho medo de uma coisa que aí entra no tópico do meu desabafo...
Eu não vou revelar muito sobre ela, pois valorizo a privacidade dela. Bem... Antes dela ter um relacionamento comigo, ela teve 2 relacionamento anteriores que foram extremamente tóxicos, o qual o primeiro fez ela entrar em depressão. Só que já fazem quase uns 5 anos que aconteceu isso e parece (eu acho) que ela não superou 100% a dor, aí sinto que ela desconta em mim quando eu faço alguma coisa errada.
Eu estive na casa dela nesse fim de semana para matar as saudades e ela não estava tão ansiosa, logo até aí tudo bem, mas no meu lado eu estava sentindo uma carência, pois faz tempo que não via o rosto dela e a voz dela nas chamadas.
Nós saímos com a família dela e curtimos bastante (com segurança por causa da pandemia obviamente) o fim de semana e foi muito gostoso e demos muitas risadas. Nós tivemos até o nosso primeiro momento sozinhos (nunca tinha acontecido) e ficamos de boa falando sobre nossas vidas.
Só que aconteceu uma coisa... Nós estávamos aderindo TV na casa dela por várias horas e comecei a sentir tédio e eu errei... Era umas 23:00 de domingo (ontem) e eu comecei a abraçar ela e eu disse que eu queria um tempinho para a gente namorar (beijar e abraçar), pois hoje (segunda) eu vou voltar para minha cidade e ela vai trabalhar cedo. Acontece que ela mandou um “não” praticamente e fiquei muito triste e então eu falei que não vou mais assistir TV, pois eu estava com sono e preciso descansar bem para viajar de volta para casa.
Após o não, eu recebi umas 15 mensagens de texto dela, pois ela não queria puxar a minha orelha na frente dos pais dela. Ela simplesmente contou verdades (não vou falar só coisa boa do meu lado), as quais eu preciso amadurecer e ter responsabilidade e sim, eu quero mudar! Porque o meu maior medo é que o nosso relacionamento se torne tóxico e não quero que ela sofra tudo de novo, mas tem uma coisa na minha mente que é o seguinte... Eu nunca iniciei uma discussão e além do mais eu não gosto de brigar e sim de conversar, mas ela solta toda descarga falando de tudo o que aconteceu com ela no passado durante a briga que me faz sentir muito mal por mim e por ela... A minha crise de ansiedade chega até atacar, mas eu já estou tratando com uma psicóloga.
Eu acordei hoje antes dela ir para o trabalho e saiu berrando com os pais dela sobre o quanto que eu fui idiota e isso me entristeceu muito... Eu fiquei em um quarto da casa dela por várias horas fingindo que estava só trabalhando de Home Office (não consegui trabalhar e justifiquei) e fiquei esperando ela ir embora, porque deu muita vergonha... Chegou uma hora que ela teve que entrar de qualquer forma no meu quarto para pegar algo... Ela me mandou até uma mensagem do quanto escroto eu fui... E eu simplesmente não queria ficar com raiva, pois lembra do que eu tinha falado de que eu não gosto de brigar? Eu simplesmente mandava desculpa e ela falava toda hora que desculpa não dá... Aí eu falava que vou mudar e que reconheço os meus erros (eu listei todos) e ela dizia que eu não entendia de nada...
Bem... Ela não é a vilã da história, pois eu sei que ela ainda está trabalhando para ser uma pessoa melhor, mas eu também não sou o santo, porque já fiz coisas sem graça com ela. Eu estou trabalhando para não ser apenas um bom namorado, mas ser uma pessoa melhor.
Ela reparou que eu comecei a chorar e muito... Ela do nada entrou no meu quarto e veio me abraçar e me beijou... Ela falou para não chorar... Mas como? As coisas mudaram entre a gente... Eu simplesmente disse para ela que vou querer conversar seriamente com ela depois...
Ela pediu para tomar café da manhã, mas eu não consegui, logo esperei ela ir trabalhar e esperei o horário de almoço. A minha sogra teve que me chamar pra almoçar, mas aí eu fui. Eu fiquei com medo que eles (os pais dela) estivessem bravos ou algo parecido comigo, pois ela já passou por tanta coisa... Mas aparentemente não estavam e até conversei sobre o meu dia-a-dia com eles e deram risadas (que bom!).
Eu voltei para o quarto e falei que ia descansar... Mas aí estou aqui desabafando e contando sobre o que aconteceu... Eu chegando de volta na minha casa a noite, eu irei falar com a minha psicóloga, porque estou muito ansioso e preocupado com o nosso relacionamento. Mas aí eu queria pedir a opinião de vocês sobre o que eu devo fazer, pois eu sinto que eu devo ligar para ela a noite, mas como que posso manter uma conversa saudável? Eu não quero xingar ela ou abaixar ela, eu só quero demonstrar para ela que vou mudar e que pode confiar em mim que nada do que ela falou vai acontecer!
Ahhhhh uma coisa... No começo do nosso relacionamento ela de vez em quando entrava no assunto de falar sobre para estar “preparado” para fim de relacionamento (sim, é assustador para mim), pois nem todos relacionamentos duram para sempre... E na minha opinião sim, eu sei que isso é verdade, mas tudo depende da gente não é? E ela demonstrava muito insegurança quando ela falava sobre isso... E cheguei até dar um puxão de orelha nela que mal entramos e ela já demonstra isso por causa do passado dela que nunca (infelizmente) deu certo... Sabe... Eu sempre cuidei dela e tratei muito bem a família dela para do nada falar sobre essas coisas? Eu sei que eu erro também, mas já reconheci os meus erros, mas como lido com uma pessoa que coitada... Infelizmente teve esse passado? Eu sempre faço e farei com amor as coisas e do nada o nosso relacionamento fica espinhoso...
Me deem sugestões saudáveis por favor... Obrigado!
EDIT 1: Muito obrigado pelas opiniões, pois eles me confortam e me dão uma visão realista do que eu tenho que ter. Daqui algumas horas eu irei falar com ela! Inclusive ela está me perguntando como estou de viagem para a minha casa, logo já estamos mais “okay”!
EDIT 2: Bem... Eu falei para ela que eu queria conversar como adultos sobre o que aconteceu e ela disse que não quer conversar mais sobre isso... Fazer o quê...
submitted by ThrowRA23112020 to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 19:01 bulletVictor Meu TCC e minha vida esta me enlouquecendo. Pode texto grande aqui?

Então, acabei de criar essa conta aqui só pra poder vir desabafar aqui de boas. E seguinte, sabe quando você costuma sempre fazer as coisas de boas pra faculdade, e mesmo que de aquelas crises no final até que da tudo certo. Eu infelizmente sinto que essa vez vai ser diferente.
Eu curso Ciência da Computação, e sinto que eu não consegui fazer um bom proveito pois eu n sabia quase nada no começo, e quando vi que a facul não ia me dar todo aquele preparo e sim mais teoria eu comecei a ir atrás de me profissionalizar, do jeito autonomo msm. Tava doido pra pegar um emprego de programação, e finalmente senti que eu sabia o que tava fazendo, rava entendendo as matérias tudo de boa, criando aplicações basicas pra colocar online. E assumi um projeto semestral da faculdade, com mais duas pessoas, e acabou que as duas oitras pessoas n sabiam nada de código praticamente, e tudo bem. Eu me virei, mas eu tenho um histórico ruim ja com uma dessas pessoas. (Vou chamar ele de Fulano). Eu ja estava fazendo trabalhos de artigo a um bom tempo com o Fulano, e sempre era uma experiência horrível e eu não tinha com quem dazer no lugar, pq só sobrou eu e ele da minha turma, e uma dessas vezes o cara me fez muito mal mano. Tipo, eu vacilei feio no trabalho, n sabia programar tanto na época e assumi mais do que eu aguentava, acabou que eu n pedi ajuda (erro meu eu sei, e infelizmente se repetiu e vcs vão ver isso), e no ultimo momento eu fui adicionar uma coisa na apresentação. Ai deu uma discussão no grupo, e eu entendi que eu trollei msm, e foi muito estranho pq antigamente era sempre eu que fazia e os outros que davam mancada, ai eu fiquei me sentindo super mal. Mas a coisa piorou quando eu fui pra sala e ele falou um monte pra mim, tipo, eu ja tinha entendido que eu caguei as coisas e ja tava mal com isso, mas o fulano veio falar um monte de coisa e eu acabei absorvendo isso. Ele veio me falar que eu não tinha carater, e que não tinha palavra, e mano, foi tipo um espinho entrando na minha mente que não saiu até hoje, eu senti que era verdade na hora sabe, foi foda.
Ai estou eu com esses dois no semestre passado, um some (fulano2) e não ajuda e o fulano (o da historia do "sem carater") n sabe nada de código e so manja de word, eu consegui fazer o aplicativo de boas, apresentamos e ganhamos uma nota boa, foi ai que eu falei "Po, eu consigo fazer se eu quiser, e de boa" ai eu comecei a aplicar pra um monte de vaga, e sempre que chega na hora de olhar meu código os caras não mandam nem um feedback da vaga, e é sempre na parte técnica. O que fez ver que eu n estou bkm como eu achei que eu tava. N consigo colocar o app em produção, n manjo de fazer teste, na real o app só funciona em desenvolvimento, ai eu n consegui vaga nenhuma e bateu esse semestre atual. Onde eu n tava mais confiante pra assumir projeto, mas tive que assumir pq os outros dois n sabem programar e a gente ta continuando o projeto do semestre passado. Só que dessa vez eu passei um mês só mexendo em uma parte pq tava muito tenso pra mim, quando o Fulano2 foi me ajudar e no fim das contas na judou em nada, pq ele só da sugestão do que fazer quando ta sem problema no código, na hora do problema é so uma cabeça pensando, ai n vai a lugar nenhum, e eu tenho que ficar explicando toda a lógica pra ele o tempo todo o que deixa bem lento de mexer. Ai eu vacilei dnv e não pedi mais ajuda, fiquei fazendo sozinho de novo tentando fazer o visual funcionar em celular, fazendo o negócio disparar e-mail, e agora o texto já e pra amanhã e falta imagens da nova versão do aplicativo pra colocar no word, e essas imagens nem existem pq eu terminei o disparo de emails agora. Eu dei uma desaparecida tbm, a duas semanas atrás do grupo do TCC e não falei mais nada. E agora to perdido no que fazer, eu sei que eu tinha que falar que n tem as telas mas eu n quero ir ouvir bosta de novo, pq e a mesma situação de antes só que pior pq e o TCC agora. Esse semestre eu praticamente desisti da facul, n tenho dinheiro pra pagar as dps se eu pegar, e n to conseguindo emprego. E assim, infelizmente eu sei que a culpa de todas essas bostas ai é minha, e eu me ferro mais ainda pq eu viro e falo que vou melhorar e arrumar e no fim das contas eu só pioro, procrastino e depois vejo o estrago. E ai bate uma indignação comigo mesmo pq eu n resolvo meus BOs.
Então assim, eu só queria falar essas coisas mesmo pra devorar menos a minha mente e tentar distrair um pouco pq eu to surtando agora. Eu n sei se podia texto grande, ou se ta dando pra entender tudo, mas e isso. Valeu pelo espaço nesse sub de poder desabafar assim.
submitted by bulletVictor to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 12:31 Isacoffeespresso Meu ex amigo que foi extremamente filha duma puta comigo se declarou (???)

Bom, eu vou dar um contexto de tudo...
Nos meses de julho/junho, eu conheci um grupo de amigos (que apenas um está comigo), que ficaram comigo até os dias de setembro, e depois de uma briga bem ridícula, eles se afastaram.
Então nesse grupo de amigos, eu comecei a gostar de um garoto, e ele correspondia o mesmo (o que ele diz....)
Eu e ele nós tinhamos um histórico de paixão A gente até tentou um relacionamento, mas ele vacilou muito e disse que não queria mais no PRIMEIRO DIA!! E ele ainda tinha a coragem de me xingar todo dia.
Depois de um tempo, ele volta me mandando desenhos que se assemelham comigo. Eu tentando ser compreensível e indulgente ao máximo.
Até que teve uma conversa que a gente discutiu sobre filmes e porquê a gente gosta tanto deles.
No meu filme, eu me inspiro na garota principal, que ela consegue perdoar fácil a pessoa que lhe fez mal. Por isso eu sigo tanto a mentalidade dela, só que ele não gostava, pois ela era "emocional" mas eu não me importava tanto. Então, em determinada parte da conversa, ele começou à ficar com raiva, pois ele gosta de ser sempre o certo da história.
Até que eu disse que ele era muito emocional. E mesmo depois da nossa última briga, onde ele foi a pior espécie de ser humano que eu já vi, mesmo assim eu perdoava ele.
ENTÃO, DO NADA, ELE VEIO COM O PAPO DE QUE ESTAVA APAIXONADO POR MIM, POR TODO ESSE TEMPO????
Ele namorou com uma garota logo em seguida que a gente terminou,(como se a gente fosse objetos) e ele tem a coragem de dizer que me amava esse tempo todo...
Eu não sinto nada por ele, eu tenho desprezo dele. De brincar comigo e com os amigos dele (sim, eu não passo por isso sozinha)
submitted by Isacoffeespresso to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 11:44 VerySuper_sane Desabafo. Será possível que alguém daqui já passou por algo semelhante?

Esse vai ser um relato/desabafo pessoal meio longo. E meio doido tbm. Quem ler até o final vai entender.
(Hoje tenho 20 anos, homem, gay)
Bom, n vou me referir por nomes, nem inventar um fictício. Acho q vai dar pra entender.
Eu conheci esse menino quando eu tinha 9 anos, na escola. Ele nem andava comigo, não era do meu tipo de "circulo de amigo". Eu não lembro como a gnt passou a andar juntos. Acho q foi com 10 anos q ele veio na minha casa pela primeira vez. Eu tinha um videogame, ele não (essa velha historia). Eu lembro q nesse primeiro dia ele ficou pouquíssimo na minha casa, até pensei q nem seriamos amigos. Mas não foi o que aconteceu. O que aconteceu foi que nesse período (6º 7º e 8º anos da escola), a gnt passou praticamente a viver um na casa do outro. Todo final de semana ele me ligava. Curiosamente, era ele que me ligava pra gnt marcar alguma coisa; não que eu não quisesse encontrar com ele (era o que eu mais queria); mas sempre funcionou desse jeito. Por enquanto estes foram os melhores momentos da minha vida.
(Agora complica um pouco)
Qnd eu disse que eu jamais pensei em ser amigo dele, é porque ele era popular pra caralho. E , de longe, um dos meninos (menino naquela época, agora já temos 20 anos) mais lindos que eu já vi. Tipo, facilmente, 10/10. Nessa época, rapaz kkk, eu era o ápice da feiura (tinha espinha pra caralho). Eu e ele éramos tipo o Yin yang da beleza.
Com 10 anos de idade, eu n parava pra pensar o q era ser gay. Era obvio q eu tava apaixonado pelo mlk. Mas era mto cedo pra pensar nisso ainda.
Ok. Questões. Pq porras ele queria andar ou vir na minha casa? Eu devia ser engraçado pra caralho, pq se fosse pelo videogame, tinha vindo uma vez só mesmo. Pra vc ter ideia, amigos dele e meus tinham ciúme dele preferir vir na minha casa. Sobre as meninas, todas (todas) queriam ficar com ele.
As vezes eu acho q imaginei, mas penso ser impossível ter imaginado algumas situações (pq eu só fui me tocar dessas situações qnd percebi q era gay). Uma delas, qnd a gnt tava jogando, ele encostou a cabeça dele na minha (eu fiquei sem reação, eu sou um idiota do caralho) Noutra vez, eu acho q eu falei alguma coisa q ele n entendeu, mas ele respondeu "eu tbm te amo". Tbm ignorei.
Isso durou até 2013. Do nada (eu n sei o motivo, mesmo), a gnt (ele) simplesmente parou de me ligar (9º ano). N sei o q aconteceu, mas ele começou a dar atenção pra galerinha mais popular tbm e fingiu q eu n existia mais (estranho pra caralho, eu tbm me dava bem com essa galerinha popular; não tinha o pq dele me excluir, se o objetivo dele era fazer parte desse grupinho). Eu fiquei mto puto. O que eu fiz? Comecei tbm a andar com essa galerinha tbm, de proposito. A gnt passou a se excluir (se eu andava com um grupinho, ele NÃO chegava perto. Se ele andava com um grupinho, eu tbm NÃO chegava perto desse grupinho). Bizarro pra caralho. Alguém já passou por uma situação assim? Pq é tão ridícula que eu fico pasmo hj em dia.
A gnt ficou nessa guerra fria até um dia q eu desencanei. Já tinha levado até uma suspensão, por fazer graça na sala (pra ganhar atenção da galerinha popular). Nos anos seguintes, ensino médio, a gnt n caiu na mesma sala nenhuma vez mais.
Começou tbm a fase de beber, ir em festa. Nunca fui desse tipo e não sou até hj; foi qnd eu realmente parei de sair com essa galerinha "popular". Acabei criando círculo de amizade com um grupo de amigos q eu levo pra vida (mas estes n eram/são amigos da "turminha" dele, até tentavam, mas o grupinho dele sempre excluía).
Mas eu não conseguia esquecer ele. Ele começou a namorar uma amiga minha (ela é super gente fina, adoro ela); e ele fazia questão de abraçabeijar ela qnd eu tava perto. Dava pra perceber.
Mtas das coisas q eu fiz na minha vida nessa época foi por conta dele. Tipo, eu cheguei a aprender um instrumento musical pq vi num snapchat (sim, isso existia!) ele tentando tocar. E eu aprendi o bagulho, toco pra caralho (modéstia a parte). Vai ver eu sou louco mesmo.
Acho q foi no 2º ano q eu percebi q eu era gay. Foi tipo um insight pra mim. Tudo fazia sentido. esse era o motivo desse puto n sair da minha cabeça. Lembro uma vez q a gnt tava na escola mais uns 3 amigos falando de beijar etc (isso no 2º ano tbm). Ai ele manda zoando "acho q eu beijaria a boca dele (ele falou meu nome)". Eu fiquei ?? (geral riu e continuou conversando, inclusive eu).
Antes de falarem q faltou atitude minha (supondo q ele é gay), realmente, qnd a gnt era criança (mas eu era criança, porra). No ensino médio, depois da minha "realização", eu tentei me aproximar dele de novo, mas ele tava numa vibe diferente (queria fumar maconha, dar pt em festa, esse tipinho) e tava namorando. Essa minha amiga com qm ele namorava terminou com ele tbm (por conta dessas imaturidades dele q eu citei)
O engraçado é q ele finge ter apagado os momentos q a gnt andava junto. Tipo, qnd acabou o ensino médio, no dia antes da formatura; dia q todo mundo falava de todo mundo e o q passaram juntos desde criança (n sei se toda escola faz isso no terceirão, a minha fez), ele nem ia citar meu nome. assim, no meio do discurso dele, um amigo dele teve q falar meu nome pra ele, ai sim ele falou brevemente q a gnt tinha sido mto amigos (é serio, até esse amigo q falou meu nome pra ele nesse momento fez isso pq devia n estar entendendo o pq dele n me mencionar, ele era um dos q tinha ciúmes dele na época q ele andava cmg)
Eu pensei q iria esquecer dele depois da escola mas, pasmem, não esqueci. Isso é foda, talvez eu ainda pense nele por conta das situações "semigays" q passamos juntos.
Estamos fazendo faculdade (universidades diferentes) já, e eu ainda me pego pensando nele. Nunca disse nada do q eu sinto por ele.
Seria possível q ele fosse bi? Cara, é mto contraditório. Ele namorou com outra menina depois do ensino médio, mas acabaram faz pouco tempo.
Eu mandei uma msg pra ele faz umas duas semanas. eu estava num estado meio chapado (q ironia, achava tão ridículo ele querer usar droga no EM. Btw, ele desencanou tbm dessa fase de querer ser o "fodão" q vai em 30 hps por dia. Ta bem mais maduro) perguntei se ele queria marcar alguma coisa. Ele prontamente respondeu q sim. Eu sou idiota. E se ele respondeu por amizade? Tipo, apesar das minhas neuras, quem disse q ele é gay/bi?
Mas é isso. N encontrei ngm q fosse tão incrível q nem ele (encontrei pessoas bonitas como ele, mas geralmente a pessoa n queria ou era chata q dói, e a maioria era só pq eu achava bonito mesmo. Falando em beleza, eu dei uma melhorada tbm kkk).
Será possível existir alguém aqui com alguma historia semelhante?
Eu realmente marco esse encontro com ele? Vou fazer o q? Só vai fazer eu pensar nele DE NOVO e vai acabar em pizza.

Foda. (Agradeço imensamente a paciência e atenção de quem leu até aqui)
submitted by VerySuper_sane to arco_iris [link] [comments]


2020.11.23 08:48 NAOEXISTOaaa Me sinto um merda

Bom, hoje foi um dia de merda, não comi nada, só uns pastéis de noite q ate agora nao foram digeridos, tentei dormir e não consegui então vou ficar acordado até amanhã 20h.
Me sinto a pior bosta do mundo, não sinto vontade de comer nada, sinto um vazio imenso em mim, não sinto vontade de fazer nada, de ver nada, não consigo comer mais, eu simplesmente tô existindo, tô ficando com uma garota q eu chamo pra sair e não vai, ela fica falando que me ama e gosta de mim, mas tipo ela simplesmente me ignora e não fala comigo, ela simplesmente gosta de ficar cmg pq sou relativamente "bonito", ela é ex de um ex amigo e isso deixa a opção de namoro impossível pq eu não quero ficar ansioso, mais doq eu tô.
Sinto falta de chorar, queria chorar muito, abraçado a uma pessoa que eu tenha um carinho imenso, queria contar tudo que eu to sentindo pra minha amiga Maik, ela ia ser a única que ia me entender, chorar muito na frente dela e dar um abraço nela, queria que ela fosse um colo pra eu deitar e ficar chorando, queria que essa menina que eu tô ficando fosse assim, mas ela é simplesmente fodase e não liga pra nada parece.
Sinto falta também da Ya, ela é uma menina que eu fiquei ano passado, perdi o bv com ela, ela era mt carinhosa e com certeza me entenderia, ela seria um ótimo colo pra chorar, mas hj ela namora, e a Maik tb.
Faz alguns dias que me sinto assim e eu tô sufocado, como se eu tivesse me afogando e colocando só o braço pra fora, não quero ser adulto, não quero crescer quero que Jesus volte o mais rápido possível e me tire daqui, sinceramente não aguento mais, minha vida não é ruim, mas eu tô me sentindo muito mal, queria um psicólogo, mas ninguém vai ter condições de pagar um pra mim, então continuo sem por enquanto, to esperando meu tenis chegar pra eu correr de manhã espero que assim tudo isso passe.
Queria tranzar, queria tomar um açaí sem precisar me preocupar em dividir com ninguém, queria ter vontade de fazer as coisas, queria que meus amigos jogassem bola cmg, queria beijar na boca sla.
submitted by NAOEXISTOaaa to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 07:28 BlessP Não sinto nada, nem o Calor de um corpo de Mulher.

Essa Noite para dormir foi cruel
A Muitos Anos tive uma criação Conturbado, Família, Amigos, Mulher foram muito escasso, é acredito que atualmente não tenha mudado muita coisa, ao ver Muitos as Brigas dos Meus Pais, surgiu uma carência, ao ver minha mãe traindo meu pai na casa do amigo dele, isso foi terrível, me lembro da cena ate hoje, isso foi um desastre na minha criação, já tinha brigas antes, depois disso, as coisas só se agravaram, ali já se iniciou uma "semente" de "Carência" que la na frente iria se tornar algo ruim.

Depois dos Conflitos dentro de casa, os boatos se espalharam na comunidade, eu já era motivo de zoação na escola, por causa da aparência, quando aconteceu isso (Acima) as coisas simplesmente agravaram, uma irmã de parte de "mãe" começou a dar problema, entrou para o crime, começou a praticar delitos, e BOOOM mais problema para a falia, fora os problemas alcoólicos dos meus pais, a Tirania da parte Paternal, das Brigas, e eu no meio do Conflito, o foda e que dois adultos se dizem ter "maturidade" usa o filho para atingir o companheiro(a), isso e foda.
esse tipo de conflitos quando a criança percebe, e um Gatilho para la na frente ela se tornar um homem que arrebenta uma mulher, um homem ignorante,bruto ou até mesmo um assassino, tem casos piores, isso vale para ambos, Filho e Filha, mas enfim
Os Conflitos aumentaram, as brigas era constante, meu pai arrebentava a minha progenitora, era horrível, quantas vezes aconteceu isso, e ela tinha que sumir, e depois entrar em contato como os "filhos", já vi o meu pai pegar uma Faca e enrolar numa toalha, e ir atras dela, fora umas vezes que ele quebrava as coisas em casa, pratos e talheres e etc,
Eu Posso afirma que eu tive duas Crianças/Adolescentes como Pais, eu vendo hoje os conflitos com outra mente, percebe, foda era quando eles iam para o Forró, e obrigava eu a "minha irmã" a ir juntos, porquê não queriam pagar uma Babysister, ai só pensar o que acontecia dentro desses 'ambientes familiares" uma vez eu vi o meu pai saindo na mão com o veio da casa de show, em meio a garrafas e pedras voando, na casa de show, até voou um caco de vidro na minha cabeça, passou raspando hahah essa cena foi engraçada.
Ai eu vi e presenciei muita coisa ruim nesses ambientes, durante e depois, muitas delas na própria casa, Bebida, Drogas, Palavras de Baixo Calão, Traição, e etc, Deixo o leitor pensar por conta própria haha
Nunca tive uma família Unida, sempre foi briga, minha progenitora mentia ou mente até hoje, Não acredita nem no próprio filho, uma vez fui assaltado na praia, ela achou que tinha gastado o dinheiro com bebida, tive que colocar um cara que foi assaltado na hora, no telefone para confirmar, (para você ver a situação)
Um dia Antes foi a virada, nem me lembro quando, mas eu fui na praia, com uns 8 "amigos" fora que tinha um dormindo na minha casa, eles diziam ser amigos, porém acho que o "amigo" era só "eu", eu avisei para eles que iria chapar, bom foi o que aconteceu, os caras simplesmente, sumiram foram atras de mulher, eu la bebado na praia, vish, jogaram areia na minha cara, foda que la sentado, em quanto o céu girava, eu ouvi dois cara passando e falando " Nossa, esse mano ta bebado, cade os amigos deles" eu lembro disso até hoje, esta enraizado na mente, no final, eu voltei para casa sozinho, com uma dor de cabeça enorme,
Teve uma outra vez, que eu estava na carência, acabei me metendo em um "relacionamento" ops numa furada, que pensei que iria morrer ali, a carência e algo ruim, mas enfim, em um rolê, eu acabei conhecendo uma mulher no fastfood, e etc, parecia tudo uma maravilha, o cujo sonho do "paraíso", estava carente de "sexo" esse "sexo" quase custou minha vida, a mulher simplesmente era Boderline, um relacionamento abusivo, já me deixou para fora de casa, regulou alimento, quando a grana acabou na casa dela, ela queria me manter lá dentro, ela tinha dinheiro para me emprestar, porém o controle que ela queria ter sobre mim, era maior e consumia a mente dela, perdi massa corporal, já cheguei a me alimentar simplesmente de "Arroz e Sal", e complicado, acredito que tive alguma participação nisso(Não leve isso como primícia)
ai passaram alguns meses, com tudo isso, eu decidir termina com ela, porém não sabia como, tivemos nossa ultima relação, e foi sem preservativo,ai terminei, aproveitei a carona, de um conhecido nas proximidades e fui em bora, no mesmo dia de madrugada ela aparece na minha casa, eu gostaria de ter deixado ela para fora, mas seria b.o la na frente, ai ela tentou de diversas formas, reatar, dizendo que mudaria, e etc ai toda vez que eu falava que não queria, ela simplesmente mudava de personalidade e partia para a ofensa,(Não caia nessa galera, tenha pulso firme, caso não consiga procure ajuda, eu procurei e não tive nenhuma)
Meses Depois ela me aparece gravida, dizendo que o filho era meu etc e tal, isso foi um Baque, eu nem sabia como reagir, ou como os meus pais iriam reagir, eu pensando que já tinha saindo de um enorme problema, eu estava ainda haha
Eu tentando recomeçar minha vida, após umas burradas e más escolhas, escola nova muito longe da minha residencia, quando eu soube disso, eu tive parar a escola, e me concentra em outras coisas, conversei com os meus pais, e recebi foi desprezo, eles compactuaram com a mentira dela, ela depois que terminamos, deu para o Ex dela, que ela uma vez me apresentou como "Tio" dela, olha a indole da pessoa, te usam como Bode expiatório, haha
Depois da noticia, só foi rajadas de Não vou ser mãe sozinha, vai ter que ajudar e etc. até fez uns escândalo no telefone, e etc, o inferno foi plantado novamente na minha casa, amigas da minha progenitora, me ensinando como pagar pensão, minha progenitora bêbada, me ligava dizendo que eu iria ter que pagar pensão, que eu iria ser preso, descontando todo o sofrimento e decepção no "filho" haha isso aconteceu muito na parte Paternal infelizmente,
no começo aconteceu uns erros da parte dela, e deixou a duvidar, e do nada eu falei que queria exame de DNA, em clinicas diferentes, ai ela já recuou, entende, começou a inventar pai para a criança, começou a se passar por homem na conversa, e até falou que Jesus era Pai da Criança, chegou a ser estranho, esses argumentos e comecei a pegar no ar, ela começou a recuar em relação aos argumentos relacionado a criança, ou seja usando um criança inocente para querer" prender homem" ou "reatar relacionamento fracassado" isso não é uma atitude boa e nem conveniente, colocar uma Criança no Mundo para um proposito desses, Bom com o tempo ficou mais nítido que a Criança não era minha, e foi algo bom, tenho que ser sincero nesse desabafo, na época eu não estava preparado e atualmente ainda não estou, compreende caro leitor, reconheço minhas limitação.
" Esses conflitos me judia"
Mas atualmente, estou bem, Deus, poxa, foi muito misericordioso em relação a minha pessoa, ele e Jesus, me ajudaram muito depois, eu ainda estou em fases de mudança, Bom, eu estou muito melhor que antigamente, eu já Perdoei, minha ex, meus "amigos" estou em fase de processo de "Perdoa os meus Pais", eu falo uma coisa, o Cara que me tirou do Inferno, que me mostrou a Realidade como ela é, e o mesmo que Pode mudar a sua Vida, eu Não tenho amigos, Não quero ter, porquê eu sei se eu voltar para tudo isso novamente, eu não irei ter "amigos", Meus únicos amigos são os meus pais, se eles não forem meus amigos, eu simplesmente posso afirmar que Não tenho.

Obrigado por ler até aqui,

Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar". Josué 1:9

submitted by BlessP to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 06:30 pulldapill estou cansado de tudo

obs: o texto é grande, se não quiser, não perca seu tempo precioso
as vezes eu acho que eu não precisava existir, mas justamente isso que me faz pensar como seria simplesmente não existir, como seria não fazer parte de tudo isso.
mais medo que temos do desconhecido, tememos não entende-lo, e isso é um fato. sempre que eu penso em tudo que aconteceu/acontecerá antes e depois de mim, eu fico com muito medo. não quero ter que deixar tudo que eu fiz, tudo que eu sei, mas também não quero ficar aqui pra sempre, vendo tudo desabar, vendo as árvores queimarem, o clima mudar, a terra ficar cada vez mas quente, o mar engolindo os continentes, nada disso
eu tenho medo, muito mesmo, de tudo o que não aconteceu ainda e que pode ainda acontecer, tenho medo do universo, medo de asteróides, medo de estrelas, planetas orfãos, buracos negros. tenho medo dessas coisas que o ser humano sabe que irá inevitavelmente destruir toda a nossa evolução. Medo do nosso sol, medo da lua, medo das placas tectônicas e medo do oceano.
eu sinto que continuar todas essas coisas, toda essa rotina, é inutil, um dia tudo vai sumir, eu, a minha casa, a minha cidade, os meus amigos, por mais que nenhum deles não se importassem comigo, as garotas e os garotos que eu já conheci, e os mesmos que eu queria conhecer, e também os que eu nunca conhecerei.
eu tento ao máximo fingir que vai valer apena e ter uma vida normal mas, pra mim não há significado, o que me deixa totalmente sem esperança e confiança do que pode acontecer nos próximos anos, meses, semanas, dias, horas, minutos e segundos dessa minha vida única e distante de todo o resto.
não consigo conversar com alguma pessoa da minha escola por exemplo, que não me faça sentir um incomodo, todo mundo parece que tá apressado demais pra falar comigo, parece que todo mundo fala mais rápido só pra terminar a conversa logo e ir fazer o que realmente lhe diz respeito.
não me sinto relevante o suficiente pra tentar ter uma conversa direta com alguém, não quero passar por todo aquele desprezo que vem depois de eu tentar fazer algo e falhar miseravelmente
me sinto muito mal com tudo que está acontecendo. me colocaram nesse pedaço de terra que está girando por aí sem controle algum, para assistir quem e o que eu amo, perecer com o tempo, se decompor. mas eu não quero ter que assistir isso, eu quero parar mas não dá.
não me sinto bem com nada disso mas não quero atrapalhar quem está bem, não quero dar energias negativas pra ninguém, todo mundo sofre demais e eu não quero ser um motivo disso, queria ser a ajuda que todo mundo precisa, mas no final quem precisa de ajuda sou eu.
ultimamente venho me sentido meio deprimido com tudo que acontece no mundo e fico mais ainda por saber que eu não vou poder mudar nada disso.
me sinto feliz as vezes por estar esse mundo que se sente bem no meio de tantos problemas. mas eu a não aguento tudo isso, toda essa queimação na minha mente, toda a pressão sobre mim pra fazer algo bom pro mundo, todo o peso dos meus erros e, dos pedidos de ajuda que eu recusei por receio de atrapalhar ao invés de ajudar, tudo.
isso já tá demais pra mim, já deu, cansado de correr, cansado de me explicar, cansei
submitted by pulldapill to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 01:56 gayandgreen Tenho uma cirurgia amanhã cedo e estou me cagando de medo.

A cirurgia é simples, nem vou tomar anestesia geral (graças aos deuses). Bati a moto na semana passada e amanhã vou fazer uma cirurgia para tentar arrumar os 3 ossos que quebrei na mão (metacarpo 2, 3 e 4 pra quem quiser saber).
Nunca operei nada na vida e estou morrendo de medo principalmente do pós operatório. E ter que dormir num hospital no meio de uma pandemica também não ajuda.
Estou torcendo pra dar tudo certo, mas sei que provavelmente vou passar meses sem conseguir usar a minha mão direita. O meu mantra agora é "pelo menos não foi nada mais grave."
Eu queria dormir cedo para ficar bem descansado pra amanhã, mas acho que não vai rolar. Precisava desabafar aqui pq não quero apavorar meus pais.
É só isso mesmo.... Valeu
submitted by gayandgreen to desabafos [link] [comments]